Sobral – 300×100
Seet

Terceirização da gestão do Aeroporto de Araguaína custará cerca de R$ 1,9 milhão; empresa do Piauí vence licitação

admin -

<span style="font-size:14px;">A empresa Esaero Servi&ccedil;os Aeroportu&aacute;rios, com sede em Teresina (PI), foi a escolhida para administrar o Aeroporto de Aragua&iacute;na (TO). A vencedora da licita&ccedil;&atilde;o &eacute;&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">especializada em administra&ccedil;&atilde;o, opera&ccedil;&atilde;o e manuten&ccedil;&atilde;o aeroportu&aacute;ria.<br />
<br />
O resultado da licita&ccedil;&atilde;o 002/2015 foi publicado no Di&aacute;rio Oficial do Munic&iacute;pio desta quarta-feira, 15. O pr&oacute;ximo passo agora ser&aacute; a assinatura do contrato da Prefeitura com a empresa.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Outra empresa tamb&eacute;m participou do processo, a Uni Aeroportos Ltda – ME, mas foi julgada inabilitada por n&atilde;o apresentar&nbsp;os documentos solicitados no&nbsp;edital.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Segundo a prefeitura, a contrata&ccedil;&atilde;o vai contribuir para a melhoria do aeroporto e a abertura para que a TAM e GOL operem em Aragua&iacute;na. Segundo o presidente da Ag&ecirc;ncia Municipal de Transporte e Tr&acirc;nsito (AMTT), Gustavo Fidalgo, os benef&iacute;cios s&atilde;o para a gest&atilde;o administrativa e para os usu&aacute;rios que utilizam o aeroporto.<br />
<br />
Conforme o extrato, o valor global do contrato &eacute; de&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">R$ 1.899.791,16.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><strong><u>Melhorias para o usu&aacute;rio</u></strong><br />
<br />
De acordo com Fidalgo, haver&aacute; maior controle sobre as taxas cobradas aos usu&aacute;rios e menos burocracia na compra de equipamentos para as sess&otilde;es, como por exemplo, a contra inc&ecirc;ndio, possibilitando mais seguran&ccedil;a aerovi&aacute;ria e aeroportu&aacute;ria para o munic&iacute;pio.<br />
<br />
Quanto aos usu&aacute;rios da avia&ccedil;&atilde;o comercial, os funcion&aacute;rios do aeroporto estar&atilde;o identificados com uniformes e crach&aacute;s e ser&aacute; criada uma Central de Atendimento, com o objetivo de facilitar a comunica&ccedil;&atilde;o com os passageiros. <em>&ldquo;A nova administra&ccedil;&atilde;o do aeroporto vai contribuir para a chegada de grandes companhias, como a GOL e a TAM, pois estar&aacute; apta a verificar e resolver as reais necessidades do aeroporto de Aragua&iacute;na&rdquo;</em>, lembrou Fidalgo.<br />
<br />
<u><strong>Melhorias na administra&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Ainda segundo o presidente da AMTT, o custo para gest&atilde;o e operacionaliza&ccedil;&atilde;o do aeroporto est&aacute; or&ccedil;ado em cerca de R$ 156 mil por m&ecirc;s. Fidalgo explicou que s&oacute; com a nova roupagem que a administra&ccedil;&atilde;o ir&aacute; dar, h&aacute; a possibilidade do aeroporto de Aragua&iacute;na do n&iacute;vel 5 para 2 ainda este ano, conforme a tabela da Ag&ecirc;ncia da Avia&ccedil;&atilde;o Civil (Anac) para os aeroportos brasileiros.<br />
<br />
&ldquo;Vejo com muito bons olhos a chegada de um administrador para o aeroporto de nossa cidade, pois os servi&ccedil;os ter&atilde;o maior qualidade. Al&eacute;m do que, ainda este ano devem ser investidos R$ 60 milh&otilde;es para melhoria da infraestrutura e equipamentos&rdquo;, destacou.<br />
<br />
<u><strong>Esaero</strong></u><br />
<br />
A Esaero Servi&ccedil;os Aeroportu&aacute;rios iniciou suas atividades em 2006 em Recife (PE). Com o intuito de expandir os trabalhos na &aacute;rea da avia&ccedil;&atilde;o, contemplando servi&ccedil;os voltados para a infraestrutura aeroportu&aacute;ria de aer&oacute;dromos de pequeno e m&eacute;dio porte, servi&ccedil;os direcionados para a avia&ccedil;&atilde;o civil e a realiza&ccedil;&atilde;o de eventos ligados &agrave; tem&aacute;tica da avia&ccedil;&atilde;o, a empresa transferiu sua sede social para a cidade de Teresina (PI).<br />
<br />
Atualmente a empresa administra os aeroportos de Picos e Floriano, ambos no Estado do Piau&iacute;.</span>

Comentários pelo Facebook: