Seet
Sobral – 300×100

População marca protesto para cobrar retomada das obras na TO-239 e pavimentação da BR-010

admin -

<span style="font-size:14px;">O movimento Pr&oacute;-estrada do munic&iacute;pio de Itacaj&aacute; (TO) organiza uma manifesta&ccedil;&atilde;o para cobrar do Governo estadual a retomada da pavimenta&ccedil;&atilde;o da T0-239 e, do Governo federal, da BR-010. O movimento vem mobilizando a popula&ccedil;&atilde;o para se manifestar no pr&oacute;ximo s&aacute;bado, dia 25.<br />
<br />
A TO-239 liga Itacaj&aacute; &agrave; BR-153, via Itapiratins, e teve a pavimenta&ccedil;&atilde;o iniciada no governo de Sandoval Cardoso, mas foi paralisada na gest&atilde;o atual, faltando cerca de 30 km para chegar em Itacaj&aacute;.<br />
<br />
J&aacute; a BR-010 &eacute; a principal liga&ccedil;&atilde;o de Itacaj&aacute; &agrave; capital do Estado, mas sua constru&ccedil;&atilde;o foi embargada em 2007, e nunca mais foi reiniciada. Itacaj&aacute; est&aacute; dentro do Territ&oacute;rio Nordeste do Tocantins e dos 14 munic&iacute;pios que comp&otilde;em essa regi&atilde;o, 8 delas n&atilde;o possuem liga&ccedil;&atilde;o asf&aacute;ltica.<br />
<br />
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itacaj&aacute;, Amilton Rodrigues da Silva garante que a situa&ccedil;&atilde;o &eacute; prec&aacute;ria e que a popula&ccedil;&atilde;o espera uma resposta urgente do Estado e do DNIT. Ele diz ainda que apesar de v&aacute;rias manifesta&ccedil;&otilde;es sobre as obras nunca tiveram resultados positivos.<br />
<br />
A empres&aacute;ria, Cida Melo, observa que devido a m&aacute; condi&ccedil;&otilde;es das rodovias, comerciantes e produtores n&atilde;o conseguem transportar mercadorias, e nem escoar a produ&ccedil;&atilde;o com a seguran&ccedil;a que deveria.&nbsp; Para Cida outra realidade cr&iacute;tica, &eacute; quando precisa de socorro aos doentes, situa&ccedil;&atilde;o que segundo ela gera angustias aos moradores.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMG-20150420-WA0009.jpg" style="width: 300px; height: 169px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />A popula&ccedil;&atilde;o local est&aacute; articulando com o j&aacute; conhecido &ldquo;Movimento Pro-BR-010&rdquo; para juntos realizarem a carreata de s&aacute;bado e demais mobiliza&ccedil;&otilde;es que chame aten&ccedil;&atilde;o para os problemas da regi&atilde;o. Membros do BR-010 afirmam que est&atilde;o esperando a confirma&ccedil;&atilde;o ou n&atilde;o pelo Governo Federal de uma emenda or&ccedil;ament&aacute;ria destinada &agrave; BR-010. Se por acaso for cortado o recurso, o movimento garante que vai endurecer a forma de reivindicar.<br />
<br />
Uma das alternativas de manifesta&ccedil;&atilde;o cogitada pelos dois movimentos &eacute; a interdi&ccedil;&atilde;o de trecho da BR-153. Elp&iacute;dio Ferreira Lopes, um dos coordenadores do Movimento Pr&oacute;-BR-010, disse que estavam otimistas com a aprova&ccedil;&atilde;o do recurso no Or&ccedil;amento de 2015, mas agora convivem com a amea&ccedil;a de cortes da verba. <em>&ldquo;Com a crise o Governo anuncia cortes no or&ccedil;amento, e at&eacute; o momento n&atilde;o se sabe se o recurso para a BR-010 ser&aacute; mantido ou n&atilde;o, mas vamos reagir caso o corte aconte&ccedil;a&rdquo;</em>, assegurou Elp&iacute;dio.</span>

Comentários pelo Facebook: