Seet
Sobral – 300×100

Chega do jeitinho brasileiro!

admin -

<span style="font-size:14px;"><u><strong>Zacarias Martins</strong></u><br />
<br />
Aquela frase &nbsp;antol&oacute;gica&nbsp; dita pelo &nbsp;&nbsp;ex-presidente Lula: &ldquo;- Nunca antes na hist&oacute;ria deste pa&iacute;s…&rdquo; -, nunca foi t&atilde;o atual como agora.<br />
&nbsp;<br />
E pegando carona nessa frase de Lula, toma a liberdade de fazer algumas despretensiosas considera&ccedil;&otilde;es acerca do momento pol&iacute;tico-criminal em que o pa&iacute;s atravessa.<br />
<br />
<br />
Nunca antes na hist&oacute;ria deste pa&iacute;s vi tantas personalidades do mundo pol&iacute;tico nacional envolvidas em tantos golpes de corrup&ccedil;&atilde;o. At&eacute; parece uma disputa acirrada para garantir registro no&nbsp;<em>Guinness</em>&nbsp;&ndash; o famoso livro dos recordes.<br />
&nbsp;<br />
Tais personalidades, de uma hora para outra, passaram a ser frequentadores ass&iacute;duos das cadeias&nbsp; da&nbsp; Pol&iacute;cia Federal, pois precisam explicar, entre outras coisas, o aumento consider&aacute;vel em seus patrim&ocirc;nios &nbsp;em t&atilde;o pouco tempo.<br />
&nbsp;<br />
L&aacute; pras bandas da Petrobr&aacute;s, at&eacute; ent&atilde;o, o maior patrim&ocirc;nio do povo brasileiro, as coisas andam, assim, como diria, afrodescendente (para n&atilde;o ser acusado de racismo)<br />
&nbsp;<br />
E o engra&ccedil;ado &eacute; que todos os envolvidos na corrup&ccedil;&atilde;o que se instalou na Petrobr&aacute;s, ao serem chamados para depor, principalmente, em alguma comiss&atilde;o do Congresso nacional, aparecem como pessoas impolutas, com estampa lustrada, como se&nbsp; tivesse usado &oacute;leo de peroba na venta!<br />
<br />
&Eacute; p&uacute;blico e not&oacute;rio que a roubalheira n&atilde;o vem de agora. Falta abrir, por exemplo, a caixa-preta do BNDES e outros &oacute;rg&atilde;os governamentais estrat&eacute;gicos para o pa&iacute;s. S&atilde;o &oacute;rg&atilde;os que, grosso modo, seus dirigentes s&atilde;o pol&iacute;ticos&nbsp; ou foram indicados por crit&eacute;rios pol&iacute;ticos. E h&aacute; at&eacute; disputas acirradas, nos bastidores, para a ocupa&ccedil;&atilde;o desses cargos, tal qual urubu faminto em cima da carni&ccedil;a.<br />
<br />
Constata-se, infelizmente, que &nbsp;a corrup&ccedil;&atilde;o est&aacute; entranhada na cultura brasileira. Ela se tornou t&atilde;o presente&nbsp; no nosso dia-a-dia, que muitas vezes a praticamos sem perceber.<br />
&nbsp;<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/A_charge_corrupcao_04.jpg" style="width: 300px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; height: 251px; float: right;" />O tal do jeitinho brasileiro &eacute; a corrup&ccedil;&atilde;o institualizada mais frequente que existe entre n&oacute;s. Somos corruptos quando furamos o sinal vermelho no tr&acirc;nsito; quando levamos o&nbsp;troco errado e n&atilde;o devolvemos.&nbsp; Somos corruptos quando votamos num pol&iacute;tico em troca de algum favor. Somos&nbsp; corruptos todas as vezes que fazemos algo para nos darmos bem, sem nos preocuparmos se isso vai prejudicar algu&eacute;m.<br />
<br />
Ent&atilde;o, precisamos urgentemente mudar esse tipo de &ldquo;cultura&rdquo; danosa. Mas se por um lado &eacute; muito dif&iacute;cil incutir nos adultos o verdadeiro conceito de &eacute;tica, cidadania e outras virtudes, vamos trabalhar com as crian&ccedil;as, ensina-las de forma adequada, para que no futuro elas se transforme em verdadeiros cidad&atilde;os e cidad&atilde;s, consciente de seus&nbsp; direitos e deveres para com esta p&aacute;tria chamada Brasil.<br />
&nbsp;<br />
Apesar dos pesares, sou um otimista. Acredito em mudan&ccedil;as para um pa&iacute;s melhor. Para isso, procuro fazer a minha parte.&nbsp; Sinto uma aurora de esperan&ccedil;as pairando sobre todos n&oacute;s. N&atilde;o dizem que Deus &eacute; brasileiro? Pois bem: continuo com minha f&eacute; inabal&aacute;vel no Criador do Universo. E que Ele nos d&ecirc; for&ccedil;as para continuarmos lutado por um Brasil honesto, solid&aacute;rio e fraterno. Eu ainda acredito que isso &eacute; poss&iacute;vel.<br />
<br />
——————————<wbr />————-<br />
<em><strong>Zacarias Martins &eacute; jornalista e escritor.&nbsp; E-mail:&nbsp;<a href="mailto:zacamartins@gmail.com" target="_blank">zacamartins@gmail.com</a></strong></em></span><br />

Comentários pelo Facebook: