Sobral – 300×100
Seet

Sindicatos oficiam Governo do Estado sobre correção da data-base e afirmam que "servidores não abrem mão"

admin -

<span style="font-size:14px;">As entidades classistas representativas dos servidores p&uacute;blicos estaduais protocolaram, na &uacute;ltima quinta-feira, 23, um of&iacute;cio conjunto pedindo que o Governo do Estado cumpra a data-base no per&iacute;odo estabelecido em lei, ou seja, no m&ecirc;s de maio.<br />
<br />
Segundo os l&iacute;deres sindicais, a data de concess&atilde;o est&aacute; se aproximando e os servidores p&uacute;blicos n&atilde;o abrem m&atilde;o do direito garantido no par&aacute;grafo &uacute;nico do artigo 218, da Lei n&ordm; 1.818/2007; no par&aacute;grafo &uacute;nico do artigo 1&ordm;, da Lei n&ordm; 2.708/2013; no inciso X, artigo 9&ordm;, da Constitui&ccedil;&atilde;o Estadual e no artigo 37, da Constitui&ccedil;&atilde;o Federal.<br />
<br />
O of&iacute;cio foi endere&ccedil;ado ao secret&aacute;rio da Administra&ccedil;&atilde;o, Geferson Barros, ap&oacute;s reuni&atilde;o conjunta organizada pelas entidades classistas na sede do Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos do Tocantins, em Palmas.<br />
<br />
Os presidentes dos Sindicatos e Associa&ccedil;&otilde;es dos Militares afirmaram que est&atilde;o apenas aguardando a divulga&ccedil;&atilde;o do &iacute;ndice, que &eacute; apurado utilizando o &Iacute;ndice Nacional de Pre&ccedil;os ao Consumidor (INPC) acumulado nos &uacute;ltimos 12 meses. <em>&ldquo;Precisamos aguardar que o &iacute;ndice do m&ecirc;s de abril seja fechado e isso s&oacute; vai acontecer por volta do dia 10 de maio. Mesmo assim, n&atilde;o estamos parados. J&aacute; nos adiantamos com o envio desse of&iacute;cio para deixar bem claro ao Governo que o servidor quer a data-base em maio&rdquo;</em>, argumentaram os representantes dos servidores.<br />
<br />
Primeiro de maio &eacute; a data estabelecida para a revis&atilde;o geral anual da remunera&ccedil;&atilde;o e subs&iacute;dio dos servidores p&uacute;blicos do Poder Executivo do Tocantins, bem como dos empregados p&uacute;blicos da Unitins.<br />
<br />
O l&iacute;deres esclarecem que a data-base n&atilde;o &eacute; um reajuste. <em>&quot;&Eacute; uma reposi&ccedil;&atilde;o das perdas que os servidores tiveram com a infla&ccedil;&atilde;o&quot;</em>, informam.<br />
<br />
No ano passado, o &iacute;ndice apurado foi de 10,8% e tem por base o INPC acumulado no per&iacute;odo de outubro de 2012 a abril de 2014.<br />
<br />
Segundo o Sisepe-To, desde 2007, quando foi implantanda a data-base, os percentuais que j&aacute; foram aplicados de reposi&ccedil;&atilde;o da data-base somam&nbsp;43% de aumento salarial.</span>

Comentários pelo Facebook: