Sobral – 300×100
Seet

Unitins deve implantar especialização na área da criança e adolescente e lança Escola de Conselhos

admin -

<span style="font-size:14px;">A Funda&ccedil;&atilde;o Universidade do Tocantins (Unitins) lan&ccedil;ou a&nbsp; Escola de Conselhos, agenda 2015/2016, na manh&atilde; desta segunda-feira (4), com a presen&ccedil;a do governador Marcelo Miranda, autoridades pol&iacute;ticas e dezenas de conselheiros de todo o Tocantins. Na oportunidade, a reitora Eliz&acirc;ngela Gl&oacute;ria Cardoso comunicou que a universidade deve implantar um curso de especializa&ccedil;&atilde;o na &aacute;rea da crian&ccedil;a e do adolescente.<br />
<br />
Segundo a reitora, o curso de especializa&ccedil;&atilde;o na &aacute;rea dos direitos humanos dever&aacute; fortalecer a atua&ccedil;&atilde;o dos conselheiros tutelares e conselheiros dos direitos da crian&ccedil;a e do adolescente de todo o Estado. <em>&ldquo;Enquanto o Brasil discute a redu&ccedil;&atilde;o da maioridade, n&oacute;s no Tocantins, estamos ampliando a prote&ccedil;&atilde;o aos direitos da crian&ccedil;a e do adolescente&rdquo;</em>, declarou o governador, Marcelo Miranda, em seu pronunciamento durante o lan&ccedil;amento da Escola, que considera fundamental para promover avan&ccedil;os na &aacute;rea da prote&ccedil;&atilde;o social.<br />
<br />
A Escola de Conselhos tem a atribui&ccedil;&atilde;o de oferecer capacita&ccedil;&atilde;o continuada aos conselheiros tutelares e conselheiros dos direitos da crian&ccedil;a e do adolescente e &eacute; ligada a Pr&oacute;-reitoria de Extens&atilde;o da Unitins. A meta &eacute; formar 880 conselheiros at&eacute; 2016. <em>&ldquo;Obrigado conselheiros tutelares por desejar para o filho do outro o que almeja para o seu,&rdquo; </em>disse a reitora, Eliz&acirc;ngela Gl&oacute;ria Cardoso, ao saudar os conselheiros, secret&aacute;rios de Estado, deputados e demais presentes.<br />
<br />
A Pr&oacute;-reitora de Extens&atilde;o, Simone Brito, anunciou que al&eacute;m do curso de capacita&ccedil;&atilde;o, a Escola mant&eacute;m uma assessoria de plant&atilde;o &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o dos conselheiros que necessitam de orienta&ccedil;&atilde;o t&eacute;cnica na execu&ccedil;&atilde;o de suas tarefas. <em>&ldquo;Essa fus&atilde;o entre conselhos e universidade &eacute; um caminho sem volta&rdquo;,</em> declarou a pr&oacute;-reitora ao fazer um apelo para que os conselheiros n&atilde;o percam a oportunidade de voltar a sala de aula para buscar conhecimento e fortalecer a atua&ccedil;&atilde;o em suas comunidades.<br />
<br />
Representando o p&uacute;blico alvo, a adolescente Mariana Teodoro, chamou aten&ccedil;&atilde;o pela clareza de suas convic&ccedil;&otilde;es. <em>&ldquo;Se o jovem de 16 anos pode ser punido, por que n&atilde;o nos permitem fazer concursos, dirigir e ter acesso a outros direitos?&rdquo;</em>, questionou a jovem ao ser calorosamente aplaudida.&nbsp; Ela defendeu a import&acirc;ncia da atua&ccedil;&atilde;o dos conselheiros e pediu compromisso com as pol&iacute;ticas p&uacute;blicas afirmativas direcionadas a juventude.<br />
<br />
<em>&ldquo;Esse curso vai ser muito importante para preparar os futuros conselheiros que v&atilde;o entrar a partir de outubro&rdquo;, </em>lembrou a conselheira tutelar de Natividade, Marcelina Maria Moreira, que explica que a capacita&ccedil;&atilde;o ajuda a corrigir muitos erros que os conselheiros cometem por falta de conhecimento. A conselheira tutelar de Chapada de Natividade, Joviana Carvalho, comemorou o an&uacute;ncio do curso de especializa&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Essa &eacute; a teceira capacita&ccedil;&atilde;o que fa&ccedil;o e vejo que ajuda muito na nossa atua&ccedil;&atilde;o, pena que da minha cidade s&oacute; veio eu, mas quando chegar vou repassar tudo que estou aprendendo&rdquo;.</em><br />
<br />
A Escola de Conselhos &eacute; desenvolvida pela Unitins por meio da Pr&oacute;-Reitoria de Extens&atilde;o e conta com a parceira da Secretaria de Defesa e Prote&ccedil;&atilde;o Social, do gabinete da Presid&ecirc;ncia da Rep&uacute;blica, Conselho Nacional dos Direitos da Crian&ccedil;a e do Adolescente (Conanda) e Conselho de Defesa dos Direitos da Crian&ccedil;a e do Adolescente – Tocantins (Cedeca).</span><br />

Comentários pelo Facebook: