Sobral – 300×100
Seet

Mais de 1.500 policiais militares recebem cursos de qualificação

admin -

<span style="font-size:14px;">Um total de 1.579 policiais militares do Tocantins foram capacitados atrav&eacute;s de cursos de aperfei&ccedil;oamento e habilita&ccedil;&atilde;o para sargento, habilita&ccedil;&atilde;o para cabo, de combate ao narcotr&aacute;fico, e FBI – entrevista e interrogat&oacute;rio e de cinotecnia (conjunto de t&eacute;cnicas para cria&ccedil;&atilde;o e treino de cachorros).<br />
<br />
O subcomandante da Academia de Pol&iacute;cia Militar Tiradentes, capit&atilde;o M&aacute;rcio Carvalho, contou que os cursos de aperfei&ccedil;oamento e habilita&ccedil;&atilde;o foram oferecidos com duas finalidades. <em>&ldquo;A primeira &eacute; a de regularizar a situa&ccedil;&atilde;o de v&aacute;rios policiais militares que foram promovidos e estavam em uma situa&ccedil;&atilde;o irregular, pois n&atilde;o haviam passado pelo curso. A segunda &eacute; levar, para eles, conte&uacute;dos necess&aacute;rios para o exerc&iacute;cio de suas novas fun&ccedil;&otilde;es&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
O subcomandante ressalta que os cursos s&atilde;o fundamentais para que haja a melhoria na presta&ccedil;&atilde;o do servi&ccedil;o de seguran&ccedil;a p&uacute;blica &agrave; sociedade. <em>&ldquo;A sociedade ganha, o policial militar ganha e a Pol&iacute;cia Militar do Estado do Tocantins ganha, pois ter&aacute; profissionais habilitados e qualificados a exercer as fun&ccedil;&otilde;es para as quais eles foram promovidos</em>&rdquo;, destacou.<br />
<br />
<em>&ldquo;Eu vejo isso como um grande avan&ccedil;o na pol&iacute;tica de comando do coronel Glauber. A nossa tropa foi promovida ao longo do tempo, mas n&atilde;o foi qualificada, e as pessoas n&atilde;o tinham a forma&ccedil;&atilde;o necess&aacute;ria para fazer frente &agrave;s demandas do posto. Diante disso, o coronel Glauber decidiu sanar esse problema e a partir de agora todos est&atilde;o aperfei&ccedil;oados e habilitados a serem promovidos futuramente, estando em consoante com o que a nossa lei de promo&ccedil;&atilde;o que exige esse curso como requisito necess&aacute;rio. Al&eacute;m do que, melhora o nosso desempenho nas atividades de Pol&iacute;cia Militar e passamos a ter propriedade para resolver os problemas da sociedade</em>&rdquo;, explicou o subtenente Silvino Mendes, que participou do Curso Especial de Habilita&ccedil;&atilde;o de Sargento (CEHS).</span>

Comentários pelo Facebook: