Seet
Sobral – 300×100

Globo Rural produz reportagem em Pedro Afonso dentro do projeto Caminhos da Safra

admin -

<span style="font-size:14px;">Pelo segundo ano seguido, a equipe do projeto Caminhos da Safra, iniciativa da Revista Globo Rural, esteve em Pedro Afonso (TO) buscando informa&ccedil;&otilde;es sobre a produ&ccedil;&atilde;o de gr&atilde;os.<br />
<br />
No in&iacute;cio da noite dessa ter&ccedil;a-feira, 19 de maio, o rep&oacute;rter Cassiano Ribeiro foi recebido pelo presidente da Coapa &ndash; Cooperativa Agroindustrial do Tocantins, Ricardo Khouri, e o gerente comercial, Nelzivan Carvalho Neves, na sede cooperativa.<br />
<br />
Na entrevista, os integrantes da Coapa deram detalhes sobre a log&iacute;stica para escoamento da produ&ccedil;&atilde;o, mercado de gr&atilde;os, produtividade, clima, dificuldades enfrentadas pelos agricultores devido a instabilidade econ&ocirc;mica e as expectativas para a Safrinha de Milho 2015 e a Safra de Soja 2015/2016.<br />
<br />
A reportagem produzida em Pedro Afonso ser&aacute; publicada na Revista Globo Rural e no site <a href="http://www.revistagloborural.globo.com" target="_blank">www.revistagloborural.globo.com</a>.<br />
<br />
Na manh&atilde; desta quarta-feira (20), a equipe do projeto Caminhos da Safra seguiu viagem para o terminal ferrovi&aacute;rio de Palmeirante (TO).<br />
<br />
<u><strong>Caminhos da Safra</strong></u><br />
<br />
Em 2015, o projeto Caminhos da Safra, da Revista Globo Rural, completa quatro anos, percorrendo as rotas de escoamento da produ&ccedil;&atilde;o agr&iacute;cola no Brasil. A bordo de um caminh&atilde;o, as equipes viajar&atilde;o por quatro meses, somando 7 mil quil&ocirc;metros. As reportagens ser&atilde;o publicadas na revista entre maio e agosto.<br />
<br />
Ap&oacute;s a conclus&atilde;o das etapas de campo, haver&aacute; o&nbsp; F&oacute;rum Log&iacute;stica e Infraestrutura. O evento vai reunir especialistas na &aacute;rea de log&iacute;stica, entidades representativas do setor produtivo, al&eacute;m de empres&aacute;rios, para debater as tend&ecirc;ncias do agroneg&oacute;cio brasileiro, apresentar as evolu&ccedil;&otilde;es das obras de infraestrutura, assim como a capacidade de movimenta&ccedil;&atilde;o dos portos. Os projetos alternativos ao escoamento da produ&ccedil;&atilde;o do campo tamb&eacute;m ter&atilde;o espa&ccedil;o no evento. (Da Ascom Coapa c/ informa&ccedil;&otilde;es da Revista Globo Rural)</span>

Comentários pelo Facebook: