Seet
Sobral – 300×100

Sinpol indica nomes para compor comissão de alteração do PCCS e criação da Lei Orgânica da Civil

admin -

<span style="font-size:14px;">O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (</span><span style="font-size:14px;">Sinpol-TO)</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;encaminhou ao secret&aacute;rio da Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, Cesar Roberto Simoni, a rela&ccedil;&atilde;o dos nomes que v&atilde;o compor as comiss&otilde;es especiais que far&atilde;o altera&ccedil;&atilde;o no&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Plano de Cargos, Carreiras e Subs&iacute;dios dos Policiais Civis</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;(Lei&nbsp;1.545/2004) e cria&ccedil;&atilde;o da Lei Org&acirc;nica da Pol&iacute;cia Civil.<br />
<br />
Os representantes da categoria s&atilde;o os agentes Argus Nazareno,&nbsp; Edvan Valadares Cunha e Enio Walcacer de Oliveira Filho. O of&iacute;cio foi entregue na manh&atilde; desta segunda-feira, 25.<br />
<br />
As portarias 193, 418, 419 e 422 publicadas no Di&aacute;rio Oficial do Estado da &uacute;ltima quinta-feira, 21, apontavam apenas delegados de pol&iacute;cia como membros das comiss&otilde;es. O Sinpol-TO interviu e solicitou a participa&ccedil;&atilde;o de outros policiais.<br />
<br />
Segundo o presidente do Sinpol-TO, Moisemar Marinho, a participa&ccedil;&atilde;o dos policias da base na comiss&atilde;o favorece a constru&ccedil;&atilde;o democr&aacute;tica dos documentos que regem a Pol&iacute;cia Civil. <em>&ldquo;N&atilde;o h&aacute; raz&atilde;o para a participa&ccedil;&atilde;o apenas dos delegados se temos pessoas capacitadas para contribuir com a constru&ccedil;&atilde;o.&nbsp; A lei 1.545/2004 trata dos plano de carreira e subs&iacute;dios de toda a categoria, e a lei org&acirc;nica ser&aacute; para toda a Pol&iacute;cia Civil, por isso tem que haver a participa&ccedil;&atilde;o dos demais servidores&rdquo;,</em> defendeu o presidente.</span>

Comentários pelo Facebook: