Seet
Sobral – 300×100

Mais de 1,2 mil crianças e adolescentes lotam show de Whindersson Nunes em Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Aragua&iacute;na entrou de vez no cen&aacute;rio cultural nacional. Prova disso &eacute; que neste s&aacute;bado, 30, mais de 1200 pessoas lotaram os dois shows de stand up comedy do fen&ocirc;meno do Youtube, Whindersson Nunes, que esteve pela primeira vez no Tocantins. O p&uacute;blico, formado em grande parte por crian&ccedil;as e adolescentes, formou fila enorme muito antes do hor&aacute;rio da atra&ccedil;&atilde;o para garantir os melhores lugares.<br />
<br />
Antes da apresenta&ccedil;&atilde;o do comediante piauiense, muitos adolescentes estavam ansiosos, como o estudante Jose Lucas Freitas, 18 anos. <em>&ldquo;Espero que traga muita alegria para todos e que seja uma atra&ccedil;&atilde;o bem legal. Eu conheci atrav&eacute;s de um amigo, que mostrou v&iacute;deos caseiros dele na internet e gostei. A partir de ent&atilde;o, sigo ele no Facebook e Instagran&rdquo;</em>, disse o adolescente.<br />
<br />
Euforia mesmo foi quando Whindersson Nunes foi anunciado e subiu ao palco com um viol&atilde;o. Gritos deram as boas-vindas ao humorista que cantou seus maiores websucessos, acompanhado pelos f&atilde;s que conheciam bem as letras. O p&uacute;blico p&ocirc;de conferir um show de com&eacute;dia, marcado pelo sotaque nordestino carregado, um carisma que impressiona e perip&eacute;cias do cotidiano, inspirados nos casos de fam&iacute;lia do comediante, suas experi&ecirc;ncias de morar sozinho e como o nordestino &eacute; visto nos grandes centros do pa&iacute;s, prendendo a aten&ccedil;&atilde;o dos jovens por quase uma hora, em cada sess&atilde;o.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/943461_467332346674181_1076737622_n1432053916.jpg" style="width: 300px; height: 264px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Questionado sobre o segredo de atrair tantos f&atilde;s jovens, Whindersson n&atilde;o soube explicar ao certo o que deixa o p&uacute;blico aficionado pelo seu trabalho, mas acredita que &eacute; uma esp&eacute;cie de identifica&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Os adolescentes se identificam com o que eu falo no palco e por isso v&ecirc;m, compram o ingresso e d&atilde;o boas gargalhadas durante o espet&aacute;culo</em>&rdquo;, justificou Whindersson Nunes.<br />
<br />
A vendedora Maria Moura trouxe sua filha de apenas oito anos para o show. <em>&ldquo;Quando falei que ela viria, ficou muito feliz. Agora ela est&aacute; ansiosa e feliz de estar aqui. Ela j&aacute; deve ter assistido a v&aacute;rios v&iacute;deos dele com os coleguinhas da escola&rdquo;</em>, comentou a vendedora.<br />
<br />
Na avalia&ccedil;&atilde;o do diretor do Artpalco, George Henrique Silva &ndash; um dos organizadores do evento &ndash; o show atende &agrave; necessidade de proporcionar espa&ccedil;os de lazer e cultura, al&eacute;m de estar dentro da proposta de responsabilidade social do grupo para com a cidade. <em>&ldquo;Buscamos disseminar as artes c&ecirc;nicas na cidade, que ainda est&aacute; aqu&eacute;m da efervesc&ecirc;ncia cultural que vivemos em nosso pa&iacute;s</em>&rdquo;, disse o diretor.</span>

Comentários pelo Facebook: