Sobral – 300×100
Seet

MPF investiga falta de delegados e Governo dá sinais de que não quer resolver problema da segurança

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O Grupo de Controle Externo da Atividade Policial da Procuradoria da Rep&uacute;blica do Tocantins instaurou procedimento pra investigar a falta de Delegados de Pol&iacute;cia Civil no Tocantins, problema que tem sido uma das principais causas apontadas para o crescimento da criminalidade e vem dificultando a investiga&ccedil;&atilde;o de crimes no Estado. Recentemente, dois presos em flagrante por tr&aacute;fico de drogas foram apresentados ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual por falta de delegado plantonista em Guara&iacute;&nbsp; (TO).<br />
<br />
Segundo den&uacute;ncia protocolada no Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal (MPF), muitos delegados est&atilde;o com carga de trabalho excessiva e respondendo por v&aacute;rias delegacias ao mesmo tempo.<br />
<br />
<u><strong>50% da quantidade exigida em lei</strong></u><br />
<br />
Em resposta a of&iacute;cio da Procuradoria da Rep&uacute;blica, o Delegado Geral de Pol&iacute;cia Civil do Tocantins, Roger Knewitz, reconheceu que o n&uacute;mero de delgados &eacute; &quot;pouco mais de 50%&quot; do n&uacute;mero previsto em lei. O Estado deveria ter 244 profissionais, mas atualmente conta com apenas 126, menos de um delegado por Munic&iacute;pio tocantinense.<br />
<br />
<u><strong>20% dos delegados em outras fun&ccedil;&otilde;es</strong></u><br />
<br />
Al&eacute;m do quantitativo j&aacute; ser insuficiente, h&aacute; pelo menos 23 delegados exercendo outras fun&ccedil;&otilde;es, o que corresponde a quase 20% do total. Tr&ecirc;s delegados est&atilde;o &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o da Secretaria Nacional de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, 1 na Secretaria de Representa&ccedil;&atilde;o do Estado em Bras&iacute;lia e outros 19 ocupando cargos de dire&ccedil;&atilde;o e assessoramento junto &agrave; Secretaria de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, em servi&ccedil;os administrativos.<br />
<br />
<u><strong>Apenas 74 delegados nos 138 Munic&iacute;pios</strong></u><br />
<br />
Ainda conforme o documento do Diretor Geral de Pol&iacute;cia, existem apenas 74 delegados para atender 186 delegacias no interior do Tocantins, distribu&iacute;das nos 138 munic&iacute;pios. Os outros 29 est&atilde;o lotados na Capital. <em>&ldquo;Sendo assim, n&atilde;o &eacute; possivel, com o n&uacute;mero atual, a lota&ccedil;&atilde;o de um delegado por unidade, e nem mesmo, em todas as sedes de comarcas&rdquo;</em>, disse&nbsp; Roger Knewitz, acrescentando que a &ldquo;solu&ccedil;&atilde;o definitiva&rdquo; do problema s&oacute; ocorrer&aacute; atrav&eacute;s do concurso p&uacute;blico.<br />
<br />
<u><strong>Problema s&oacute; ser&aacute; resolvido atrav&eacute;s de concurso</strong></u><br />
<br />
Embora o Governo do Estado reconhe&ccedil;a que o problema s&oacute; ser&aacute; resolvido com a convoca&ccedil;&atilde;o dos novos aprovados em concurso, o certame para preenchimento de 97 vagas de delegado est&aacute; paralisado desde o dia 18 de dezembro de 2014. No concurso tamb&eacute;m foram ofertadas vagas para escriv&atilde;o, agente, perito, papiloscopista, agente de necrotomia e m&eacute;dico legista.<br />
<br />
O Delegado Geral de Pol&iacute;cia Civil finaliza sua resposta ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal afirmando que &quot;somente com a nomea&ccedil;&atilde;o dos novos policiais, por interm&eacute;dio do concurso p&uacute;blico que est&aacute; em andamento, ser&aacute; poss&iacute;vel equacionar os problemas relativos &agrave; falta de Delegados de Pol&iacute;cia Civil e Policiais Civis no Estado&quot;.<br />
<br />
<u><strong>O mapa da falta de delegados no Tocantins</strong></u><br />
<br />
O Delegado Geral tamb&eacute;m encaminhou ao MPF o mapa que mostra a falta de delegados nos 139 munic&iacute;pios. Na cor escura s&atilde;o as cidades onde h&aacute; delegado titular, as demais cidades est&atilde;o praticamente desassistidas de profissional.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMG_20150527_230713533.jpg" style="width: 480px; height: 640px;" /></span><br />

Comentários pelo Facebook: