Sobral – 300×100
Seet

Juiz manda ofício ao governador relatando deficiências da segurança em Araguaína e policial desabafa: "está um caos"

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O aumento da viol&ecirc;ncia em Aragua&iacute;na (TO), no norte do Estado, est&aacute; preocupando n&atilde;o s&oacute; a popula&ccedil;&atilde;o, mas tamb&eacute;m as institui&ccedil;&otilde;es e autoridades da cidade. Na Assembleia Legislativa do Estado, o assunto tem sido tamb&eacute;m debatido com frequ&ecirc;ncia pelos deputados. Na manh&atilde; desta quinta-feira (18), o</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;deputado Eduardo Siqueira Campos (PTB) utilizou a tribuna dpara relatar os problemas de seguran&ccedil;a p&uacute;blica vividos pela popula&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na, principalmente nos &uacute;ltimos dias.<br />
<br />
Eduardo se baseou em um depoimento de um policial militar, que pediu para n&atilde;o ser identificado, e tamb&eacute;m em um of&iacute;cio do juiz &Aacute;lvaro Nascimento Cunha que foi encaminhado ao governador Marcelo Miranda, relatando as ocorr&ecirc;ncias e as defici&ecirc;ncias dos aparelhos de seguran&ccedil;a p&uacute;blica na cidade.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">No documento, datado de 11 de junho, o juiz relata sua preocupa&ccedil;&atilde;o com a seguran&ccedil;a p&uacute;blica em Aragua&iacute;na e aponta os motivos do problema. <em>&ldquo;A causa de tantos crimes violentos &eacute; a sens&iacute;vel diminui&ccedil;&atilde;o de Policiais Militares nas ruas desta cidade. Hoje somente 4 R&aacute;dio Patrulhas circulam diariamente por Aragua&iacute;na, isso quando h&aacute; combust&iacute;vel para todos os ve&iacute;culos. Em 2002, havia 12 R&aacute;dio Patrulhas</em>&rdquo;,&nbsp; relatou no of&iacute;cio o Juiz.<br />
<br />
Em outro trecho, o magistrado relata o esfor&ccedil;o da Pol&iacute;cia Militar no cumprimento de seu dever, mas o n&uacute;mero insuficiente de policiais compromete a qualidade do servi&ccedil;o prestado. &ldquo;<em>Mas se n&atilde;o h&aacute; policiamento o fac&iacute;nora </em>[criminoso]&nbsp;<em>sente-se livre para roubar, furtar, estuprar, etc&rdquo;</em>, descreveu.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Um policial militar tamb&eacute;m relatou o drama vivido pela popula&ccedil;&atilde;o. <em>&quot;A Seguran&ccedil;a P&uacute;blica em Aragua&iacute;na est&aacute; um caos. Diminu&iacute;ram nossas folgas e aumentaram a escala. Sem aumentar o efetivo, sem viaturas, sem um refor&ccedil;o de equipamentos, a tropa est&aacute; desmotivada</em>&rdquo;, afirmou.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Ap&oacute;s os relatos, Eduardo Siqueira cobrou do Governo do Estado a&ccedil;&otilde;es imediatas para a solu&ccedil;&atilde;o dos problemas e</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;isentou a atual comandante da Pol&iacute;cia Militar, Patr&iacute;cia Murussi. <em>&ldquo;A atual comandante n&atilde;o tem culpa&rdquo;.</em><br />
<br />
O deputado ainda requisitou do governador provid&ecirc;ncias para o aumento do efetivo, melhorias no armamento e o acr&eacute;scimo no n&uacute;mero de viaturas. <em>&ldquo;As pessoas precisam ter tranquilidade para sa&iacute;rem de suas casas e andarem tranquilamente pelas ruas, pois hoje isso n&atilde;o est&aacute; ocorrendo&rdquo;</em>, finalizou.<br />
<br />
<u><strong>Manifesta&ccedil;&atilde;o pela seguran&ccedil;a p&uacute;blica</strong></u><br />
<br />
Na quarta-feira (17), mais de 2 mil pessoas sa&iacute;ram &agrave;s ruas da cidade para pedir mais seguran&ccedil;a. V&aacute;rios comerciantes fecharam as lojas. A manifesta&ccedil;&atilde;o foi organizada por 17 institui&ccedil;&otilde;es, entre p&uacute;blicas e privadas.&nbsp;</span>

Comentários pelo Facebook: