Sobral – 300×100
Seet

População do Setor Barra da Grota fica aterrorizada com tentativas de fuga de detentos e cobra providências urgentes

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A paz e a tranquilidade da comunidade do Barra da Grota, em Aragua&iacute;na (TO), desapareceram desde o dia em que o setor recebeu um verdadeiro presente de grego do Governo do Estado: a constru&ccedil;&atilde;o de um Pres&iacute;dio de seguran&ccedil;a m&aacute;xima, em 2005.<br />
<br />
Desde ent&atilde;o, a comunidade vem acompanhando cenas de filme, s&oacute; que na vida real. S&atilde;o fugas, tentativas de fugas, disparos com armas de fogo, rebeli&otilde;es – como a de 2009 quando os detentos deixaram a Unidade destru&iacute;da – esgoto sem tratamento sendo despejado nos c&oacute;rregos e a consequente desvaloriza&ccedil;&atilde;o dos im&oacute;veis, em raz&atilde;o de tantos problemas. O que separa os presos [durante o banho de sol] da popula&ccedil;&atilde;o &eacute; apenas uma tela de prote&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o h&aacute; muro e nem efetivo em quantidade suficiente para fazer a seguran&ccedil;a externa e devolver a paz &agrave; comunidade.<br />
<br />
Nesta semana, oito detentos tentaram fugir da unidade. Seis do pavilh&atilde;o B e dois que estavam no Seguro, local onde ficam os mais perigosos.<br />
<br />
Quando os agentes perceberam a movimenta&ccedil;&atilde;o, alguns dos detentos j&aacute; estavam na &uacute;ltima &aacute;rea de prote&ccedil;&atilde;o, localizada na parte do fundo do pres&iacute;dio. Enquanto isso, dois detentos conseguiram escapar pela frente da unidade, segundo a pol&iacute;cia.<br />
<br />
Houve persegui&ccedil;&atilde;o pelas ruas da comunidade, disparos com arma de fogo, calibre 12, e at&eacute; agress&atilde;o sofrida por servidores. V&aacute;rios epis&oacute;dios semelhantes j&aacute; foram registrados. Segundo o presidente da Associa&ccedil;&atilde;o de Moradores, Ant&ocirc;nio dos Reis, essas s&atilde;o situa&ccedil;&otilde;es que deixam a popula&ccedil;&atilde;o preocupada, insegura e aflita.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMG-20150625-WA0002.jpg" style="width: 300px; height: 257px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Reis conta que j&aacute; enviou v&aacute;rios of&iacute;cios &agrave;s autoridades estaduais e municipais solicitando a constru&ccedil;&atilde;o de um muro envolta do Pres&iacute;dio para amenizar o problema, mas nunca recebeu&nbsp; nenhuma resposta. <em>&ldquo;Vamos continuar cobrando provid&ecirc;ncias&rdquo;</em>, disse. Outra preocupa&ccedil;&atilde;o da comunidade &eacute; que pessoas sejam feitas ref&eacute;ns durante as tentativas de fugas.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><em>&quot;Inseguran&ccedil;a total, n&atilde;o podemos ficar &agrave; vontade dentro de casa, pois diariamente escutamos estouros de bombas, tiros e presenciamos tentativas de fugas. Nessa &uacute;ltima a&ccedil;&atilde;o foram disparados tiros para todos os lados. Pessoas da comunidade passaram mal. Ent&atilde;o, morar perto de um pres&iacute;dio &eacute; como viver com uma bomba com o pavio aceso, sabemos que a qualquer momento pode acontecer o pior</em>&quot;, relatou o drama</span><span style="font-size:14px;">.<br />
<br />
A comunidade pede tamb&eacute;m que o port&atilde;o de entrada do Pres&iacute;dio seja mudado de local. <em>&quot;Fizeram o port&atilde;o dentro da comunidade. Estamos pedindo que mudem para a outra lateral da unidade&quot;</em>, afirmou Ant&ocirc;nio dos Reis.&nbsp;<br />
<br />
<u><strong>Outra m&aacute; not&iacute;cia</strong></u><br />
<br />
Na gest&atilde;o passada do governador Siqueira Campos, o ent&atilde;o secret&aacute;rio de Defesa Social, Nilomar dos Santos Farias, anunciou o projeto de constru&ccedil;&atilde;o mais um pres&iacute;dio em Aragua&iacute;na, com capacidade para 603 vagas, tamb&eacute;m no Setor Barra da Grota.<br />
<br />
A not&iacute;cia foi recebida com cr&iacute;ticas por v&aacute;rios setores da sociedade, inclusive do prefeito Ronaldo Dimas que reagiu de forma dura. <em>&quot;N&oacute;s n&atilde;o vamos admitir novos pres&iacute;dios em Aragua&iacute;na. O que tem j&aacute; &eacute; mais do que suficiente e provocou um monte de problemas&rdquo;</em>, declarou o prefeito, na &eacute;poca.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/33615-presos-querem-mudancas-no-presidio.jpg" style="width: 600px; height: 398px;" /><em>(Popula&ccedil;&atilde;o quer que o port&atilde;o do Pres&iacute;dio Barra da Grota seja mudado de local).</em></span><br />
<br />

Comentários pelo Facebook: