Sobral – 300×100
Seet

Greve dos servidores pode comprometer temporada de praias; apenas 13 licenças foram emitidas até agora pelo Naturatins

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A greve dos servidores p&uacute;blicos estaduais do Quadro Geral, Unitins, Adapec, Ruraltins, Naturatins e Administrativos da Secretaria da Fazenda est&aacute; prejudicando v&aacute;rios servi&ccedil;os em todo o Estado e, agora, pode tamb&eacute;m comprometer a temporada de praias neste m&ecirc;s de julho.<br />
<br />
A paralisa&ccedil;&atilde;o come&ccedil;ou no dia 16 de junho reivindicando o pagamento integral da corre&ccedil;&atilde;o salarial da data-base e das progress&otilde;es atrasadas. Os sindicatos que representam os servidores apresentaram uma contraproposta na semana passada e aguardam posicionamento oficial do Governo.<br />
<br />
Segundo o Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos (sisepe-TO), a paralisa&ccedil;&atilde;o dos servi&ccedil;os no Naturatins e do Dertins podem acarretar preju&iacute;zos &agrave; tradicional temporada de praias no Tocantins.<br />
<br />
Isso devido ao fato de que as licen&ccedil;as ambientais para o funcionamento das praias em todos os rios do Estado precisam ser emitidas pelo Naturatins. J&aacute; a melhoria da infraestrutura que d&aacute; acesso &agrave;s praias &eacute; de responsabilidade do Departamento Estradas e Rodagens do Tocantins (Dertins), servi&ccedil;o que tem sido prejudicado com a greve.<br />
<br />
Conforme o Sisepe-TO, desde o in&iacute;cio da greve, nenhuma licen&ccedil;a foi emitida. E, sem as licen&ccedil;as, n&atilde;o h&aacute; a realiza&ccedil;&atilde;o de atividades nas praias.<br />
<br />
<strong><u>Apenas 13 praias com licen&ccedil;as</u></strong><br />
<br />
No ano passado, 42 praias foram licenciadas pelo Naturatins. Neste ano, at&eacute; agora, somente 13 praias foram liberadas. S&atilde;o elas: Pau D&acute;Arco; Peixe; Couto Magalh&atilde;es; Xambio&aacute;; Goiatins; Araguacema; Tupiratins; Pedro Afonso; Juarina; Araguatins; Buriti do Tocatins; Guara&iacute; e Rio da Concei&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong>Praias sem licen&ccedil;as ambientais&nbsp;</strong></u></span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">V&aacute;rias praias ainda dependem de licen&ccedil;a do Naturatins. S&atilde;o elas: Araguan&atilde;, Caseara, Lagoa da Confus&atilde;o, Formoso do Araguaia, Itaguatins, Tocantin&oacute;polis, Filad&eacute;lfia, Porto Nacional, Paran&atilde;, Aguiarn&oacute;polis, Baba&ccedil;ul&acirc;ndia, Praia Norte e&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Aragua&iacute;na (povoado do Garimpinho), Barra do Ouro, Santa F&eacute; do Araguaia, Aragominas, Darcin&oacute;polis, Itacaj&aacute;, Rio Sono, Tupirama, Praia do Pedral em Palmeiras do Tocantins, Ilha Cabral em Aguiarn&oacute;polis, Santa Isabel em Anan&aacute;s, Praia da Romaria do Senhor do Bonfim, Arapoema, Bernardo Say&atilde;o, Palmeirante, Bela Vista, Carrasco Bonito, S&atilde;o Sebasti&atilde;o, Sampaio, Barra do Rio Verde em Sandol&acirc;ndia, Praia do Cro&aacute; em Alian&ccedil;a, Praia da Gaivota em Duer&eacute;, Praia da Moreninha e Povoado Retiro em S&atilde;o Salvador, Praia de Porto Franco, Praia Bela e Prai&atilde;o do Dominguinhos.</span><span style="font-size:14px;">.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><u><strong>Proposta e contraproposta</strong></u><br />
<br />
A proposta do Governo &eacute; dividir o &iacute;ndice de 8,3407% em duas vezes, pagando a primeira parcela imediatamente e a segunda, na folha de novembro.<br />
<br />
J&aacute; a contraproposta dos servidores prev&ecirc; o pagamento do &iacute;ndice de 8,3407% da data-base, em parcela &uacute;nica, na folha de pagamento de julho, mas com recebimento em agosto. Quanto aos retroativos dos meses de maio e junho, a proposta &eacute; que sejam pagos em 04 parcelas iguais e consecutivos, entre os meses de janeiro a abril de 2016.</span>

Comentários pelo Facebook: