Sobral – 300×100
Seet

80% dos problemas de visão podem ser prevenidos ou tratados, afirma especialista

admin -

<span style="font-size:14px;">No dia 10 de julho &eacute; comemorado o Dia da Sa&uacute;de Ocular, data que ajuda a refor&ccedil;ar a import&acirc;ncia dos cuidados com os olhos. A vis&atilde;o &eacute; um dos sentidos mais importantes, ela &eacute; respons&aacute;vel por at&eacute; 80% dos est&iacute;mulos que resultam nos movimentos do corpo e pelo processamento de 36.000 informa&ccedil;&otilde;es por hora.<br />
<br />
Segundo a Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial da Sa&uacute;de (OMS), 39 milh&otilde;es de pessoas no mundo n&atilde;o exergam e 246 milh&otilde;es t&ecirc;m defici&ecirc;ncia visual moderada ou grave, por isso os cuidados da sa&uacute;de ocular, bem como a preven&ccedil;&atilde;o s&atilde;o fundamentais, uma vez que 80% dos casos podem ser prevenidos ou tratados.<br />
<br />
<em>&ldquo;A grande maioria das doen&ccedil;as oculares s&atilde;o pouco percept&iacute;veis em seus estados iniciais, mas se forem diagnosticada precocemente o tratamento evita a perda visual&rdquo;</em>, alerta o oftalmologista Juliano Perfeito, da Cl&iacute;nica de Olhos Yano, em Palmas. Segundo o oftalmologista, cuidar da sa&uacute;de ocular &eacute; um h&aacute;bito que deve se iniciado cedo. <em>&ldquo;O grande problema &eacute; que as pessoas s&oacute; v&atilde;o ao m&eacute;dico quando apresentam algum sintoma</em>&rdquo;, completa.<br />
<br />
O exame ocular &eacute; o primeiro passo para o diagn&oacute;stico e para o tratamento de doen&ccedil;as. De acordo com a OMS a principal causa de defici&ecirc;ncia visual &eacute; o erro de refra&ccedil;&atilde;o n&atilde;o corrigido (miopia, hipermetropia e astigmatismo). <em>&ldquo;O que muitos pessoas n&atilde;o se d&atilde;o conta &eacute; que a preven&ccedil;&atilde;o &eacute; o meio mais f&aacute;cil e econ&ocirc;mico de&nbsp; cuidar da sa&uacute;de, por isso, aproveitamos o Dia da Sa&uacute;de Ocular para refor&ccedil;ar a import&acirc;ncia das pessoas se darem conta do quanto os olhos necessitam de aten&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, finaliza Susan Yano, oftalmologista da Cl&iacute;nica de Olhos Yano. (Ascom/Yano)</span>

Comentários pelo Facebook: