Sobral – 300×100
Seet

Servidores do INSS deflagram greve no Tocantins e em vários estados pedindo reajuste de 27,5%

admin -

<span style="font-size:14px;">Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram nesta ter&ccedil;a-feira (7) em greve por tempo indeterminado. Eles reivindicam reajuste salarial de 27,5% e melhores condi&ccedil;&otilde;es de trabalho.<br />
<br />
De acordo com a Federa&ccedil;&atilde;o Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Sa&uacute;de, Trabalho, Previd&ecirc;ncia e Assist&ecirc;ncia Social (Fenasps), funcion&aacute;rios de 19 estados aderiram &agrave; paralisa&ccedil;&atilde;o, entre eles o&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Amap&aacute;, Bahia, Cear&aacute;, Goi&aacute;s, Maranh&atilde;o, Mato Grosso, Minas Gerais, Par&aacute;, Paran&aacute;, Piau&iacute;, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, S&atilde;o Paulo e Tocantins.&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">A entidade avalia que&nbsp;70% dos servidores nesses estados estejam parados.&nbsp;<br />
<br />
No Tocantins, a&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">assessoria do INSS disse que a paralisa&ccedil;&atilde;o foi parcial, apenas na ag&ecirc;ncia de Arraias, que paralisou todos os servi&ccedil;os e em Araguatins, onde alguns servi&ccedil;os foram suspensos.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A proposta do Minist&eacute;rio do Planejamento, Or&ccedil;amento e Gest&atilde;o &eacute; reajustar em 21,3%, de forma parcelada, at&eacute; 2019 (5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em 2019), foi rejeitada pelos trabalhadores.<br />
<br />
Segundo o sindicato, os demais pleitos dos empregados tamb&eacute;m n&atilde;o seriam contemplados pela proposta. <em>&quot;Precisamos de concurso p&uacute;blico, pois falta muito funcion&aacute;rio para atender adequadamente a popula&ccedil;&atilde;o. Queremos mais investimento. Temos ag&ecirc;ncia sem tinta de impress&atilde;o e papel para imprimir coisas b&aacute;sicas para os segurados. Isso &eacute; fundamental para a popula&ccedil;&atilde;o&quot;</em>, disse M&aacute;rcio.<br />
<br />
Os servidores tamb&eacute;m est&atilde;o descontentes com um plano de metas que amplia a jornada de trabalho de 30 horas semanais. &quot;<em>Com o n&uacute;mero de servidores reduzido, fica dif&iacute;cil cumprir as metas. Quem n&atilde;o cumpre, pode perder as 30 horas e ter de trabalhar at&eacute; 3 horas a mais por dia&quot;</em>, esclareceu o sindicato da categoria.<br />
<br />
<u><strong>Orienta&ccedil;&atilde;o do INSS</strong></u><br />
<br />
A orienta&ccedil;&atilde;o do INSS aos segurados [que n&atilde;o conseguirem atendimento] &eacute; que as datas ser&atilde;o remarcadas pela pr&oacute;pria ag&ecirc;ncia. D&uacute;vidas podem ser esclarecidas pela central do telefone 135. Em nota, o INSS informou que considerar&aacute; a data originalmente agendada como a de entrada do requerimento, &quot;de modo a evitar qualquer preju&iacute;zo financeiro nos benef&iacute;cios dos segurados&quot;.<br />
<br />
Tamb&eacute;m em comunicado, o Minist&eacute;rio da Previd&ecirc;ncia Social informou &quot;que t&ecirc;m baseado sua rela&ccedil;&atilde;o com os servidores no respeito, no di&aacute;logo e na compreens&atilde;o da import&acirc;ncia do papel da categoria no reconhecimento dos direitos da clientela previdenci&aacute;ria e, por isso, mant&eacute;m as portas abertas &agrave;s suas entidades representativas para constru&ccedil;&atilde;o de uma solu&ccedil;&atilde;o que contemple os interesses de todos&quot;.</span>

Comentários pelo Facebook: