Seet
Sobral – 300×100

A partir dos 20 anos de idade, pele exige cuidados especiais; veja as orientações de dermatologista

admin -

<span style="font-size:14px;">Uma importante tarefa surge ap&oacute;s assoprar 25 velinhas: cuidar da pele para retardar o aparecimento de rugas. &Eacute; nessa idade que a pele sofre uma diminui&ccedil;&atilde;o da oleosidade natural, que predisp&otilde;e o ressecamento e tamb&eacute;m surgem manchinhas acastanhadas do sol.&ldquo;<em>Essas marcas s&atilde;o discretas, mas j&aacute; mostram que a sua pele precisa de cuidados especiais&rdquo;,</em> aconselha a dermatologista Camila Novak de Freitas.<br />
<br />
De acordo com a dermatologista, &eacute; importante observar que para cada tipo de dano e faixa de idade precisa de um cuidado espec&iacute;fico. N&atilde;o adianta uma mulher de 30 anos usar creme para 60 anos em busca de obter vantagem. Um creme muito concentrado de ativos anti-idade, por exemplo, pode trazer mais problemas que benef&iacute;cios.<br />
<br />
<em>&ldquo;Existem produtos ideiais para cada faixa et&aacute;ria. Um cosm&eacute;tico para algu&eacute;m de 60 anos &eacute; muito gorduroso para algu&eacute;m de 30 e pode desencadear acne. Al&eacute;m disso, &eacute; comum que os produtos concentrados apresentem &aacute;cidos mais potentes na f&oacute;rmula, e isso pode causar irrita&ccedil;&otilde;es e nenhum resultado positivo para as mais jovens&ldquo;</em>, explica Dra Camila, lembrando que os cuidados de hidrata&ccedil;&atilde;o e uso de filtro solar iniciam na inf&acirc;ncia.<br />
<br />
A medicina e a ind&uacute;stria cosm&eacute;tica oferecem muitas solu&ccedil;&otilde;es eficazes para driblar o envelhecimento e as imperfei&ccedil;&otilde;es da face, como cremes, preenchimento, toxina botul&iacute;nica, laser, peelings. Felizmente, hoje &eacute; poss&iacute;vel corrigir a textura e disfar&ccedil;ar rugas com procedimentos pouco invasivos e cada vez mais acess&iacute;veis.<br />
<br />
<em>&ldquo;Um dos pontos mais importantes para uma pele bonita e saud&aacute;vel &eacute; a preven&ccedil;&atilde;o ao longo do tempo, e isso envolve principalmente limpeza, hidrata&ccedil;&atilde;o e prote&ccedil;&atilde;o solar. Quanto mais cuidados,&nbsp;menos invasivos e agressivos ser&atilde;o os tratamentos para combater o envelhecimento no futuro&rdquo;</em>, completa Camila Novak de Freitas.<br />
<br />
<u><strong>Tratamentos para cada idade&nbsp;</strong></u><br />
<br />
Alguns cuidados frequentes garantem a beleza da pele de forma harmoniosa no decorrer dos anos. Veja quais s&atilde;o eles de acordo com cada faixa de idade:<br />
<br />
<strong>20 anos</strong>:&nbsp;Prote&ccedil;&atilde;o solar, limpeza e hidrata&ccedil;&atilde;o suave s&atilde;o os pontos mais importantes. A higieniza&ccedil;&atilde;o deve ser feita com produtos n&atilde;o agressivos e sem &aacute;lcool. Al&eacute;m disso, &eacute; comum a forma&ccedil;&atilde;o de acne nesse per&iacute;odo e, nesses casos, &eacute; preciso fazer um tratamento espec&iacute;fico de acordo com orienta&ccedil;&atilde;o do dermatologista.&nbsp;<br />
<br />
<strong>30 anos:</strong>&nbsp;Boa prote&ccedil;&atilde;o solar e hidrata&ccedil;&atilde;o previnem marcas superficiais e mant&eacute;m a pele vistosa e brilhante, com aspecto jovial. &Eacute; hora para come&ccedil;ar a usar cremes espec&iacute;ficos anti-idade e nutrir a pele. &Eacute; poss&iacute;vel que j&aacute; existam algumas manchas do sol e cicatrizes de acne no rosto, que podem ser tratadas com laser ou peeling. Nessa idade, j&aacute; &eacute; indicado o tratamento preventivo das linhas, rugas e dos sulcos (por exemplo, o &ldquo;bigode chin&ecirc;s&rdquo;), atrav&eacute;s do uso de pequenas quantidades toxina botul&iacute;nica e preenchimento, respectivamente. &ldquo;Mesmo que as rugas ainda n&atilde;o tenham sido formadas, o uso preventivo diminui a forma&ccedil;&atilde;o das linhas e a quantidade de tratamentos reparadores no futuro&rdquo;, explica a dermatologista.<br />
<br />
<strong>40 anos:</strong>&nbsp;Hidrata&ccedil;&atilde;o e limpeza de pele s&atilde;o indicadas, al&eacute;m do uso de cremes anti-idade no per&iacute;odo noturno. A aplica&ccedil;&atilde;o de quantidades moderadas de toxina botul&iacute;nica pode ajudar a amenizar linhas e rugas mais acentuadas.&nbsp;O fumo &eacute; o principal vil&atilde;o do envelhecimento e isso aparece claramente nessa fase da vida. Cuidados com alimenta&ccedil;&atilde;o devem ser redobrados e &eacute; recomend&aacute;vel suplementa&ccedil;&atilde;o oral, com nutricosm&eacute;ticos. Como nas outras fases, a prote&ccedil;&atilde;o solar &eacute; indispens&aacute;vel.&nbsp;<br />
<br />
<strong>45 anos:</strong>&nbsp;Neste est&aacute;gio, a face j&aacute; tem uma queda de gordura e, para reverter essa flacidez e estimular o col&aacute;geno, s&atilde;o recomendados tratamentos com aparelhos que realizam uma contra&ccedil;&atilde;o da pele,&nbsp;laser, luz pulsada ou &aacute;cido retin&oacute;ico. De acordo com Romeu, a r&aacute;diofrequ&ecirc;ncia &eacute; boa op&ccedil;&atilde;o para levantar a &aacute;rea da sobrancelha.<br />
<br />
<strong>50 anos</strong>:&nbsp;Ser&aacute; preciso aumentar o rigor com a prote&ccedil;&atilde;o solar e adotar um fator mais alto. A dermatologista indica um aumento da frequ&ecirc;ncia das sess&otilde;es de laser, infravermelho e radiofrequ&ecirc;ncia, al&eacute;m de um peeling anual para homogeneizar a textura e a colora&ccedil;&atilde;o cut&acirc;nea. De acordo com os sinais da pele, j&aacute; &eacute; poss&iacute;vel pensar em inje&ccedil;&otilde;es que d&atilde;o volume &ndash; para isso s&atilde;o usados o &aacute;cido hialur&ocirc;nico (os chamados volumizadores) e enxertos de gordura. Nesta fase, muitas pessoas exageram em busca da juventude perdida e acabam piorando ainda mais o aspecto da face.<br />
<br />
<strong>60 anos ou mais</strong>:&nbsp;Continuam os cuidados da fase anterior, por&eacute;m agora com mais intensidade. Para quem n&atilde;o fez tratamentos preventivos, ser&aacute; necess&aacute;rio recorrer a procedimentos mais invasivos e cirurgias pl&aacute;sticas para um rejuvenescimento mais aparente. Se o grau de flacidez cut&acirc;nea for muito avan&ccedil;ado, &eacute; poss&iacute;vel fazer cirurgias pequenas, incluindo a &aacute;rea do pesco&ccedil;o.&nbsp;</span><br />

Comentários pelo Facebook: