Sobral – 300×100
Seet

Josi Nunes apresenta Emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias para garantir duplicação da BR-153

admin -

<span style="font-size:14px;">A deputada federal Josi Nunes (PMDB/TO) apresentou a Emenda de Inclus&atilde;o de Meta e Prioridade ao Projeto da Lei de Diretrizes Or&ccedil;ament&aacute;rias (LDO 2016)&nbsp; visando a garantia da duplica&ccedil;&atilde;o da BR-153 no trecho que compreende a TO-80, em Para&iacute;so do Tocantins, at&eacute; a TO-070, em Alian&ccedil;a do Tocantins.<br />
<br />
Por se tratar de uma rodovia que registra in&uacute;meros acidentes, Josi acredita que a BR-153 merece aten&ccedil;&atilde;o do poder p&uacute;blico.<em> &ldquo;S&atilde;o diversos pontos cr&iacute;ticos que precisam ser eliminados para dar mais seguran&ccedil;a e fluidez ao trafego&rdquo;,</em> acrescentou.<br />
<br />
A parlamentar refor&ccedil;a a import&acirc;ncia da duplica&ccedil;&atilde;o no trecho que vai de Alian&ccedil;a a Capital, Palmas, j&aacute; que as obras nesse trecho ser&atilde;o de responsabilidade do governo federal. <em>&ldquo;O trecho da BR-153 entre An&aacute;polis (GO) e Alian&ccedil;a foi concedido &agrave; iniciativa privada, cujo contrato prev&ecirc; a manuten&ccedil;&atilde;o e a duplica&ccedil;&atilde;o no prazo de cinco anos. No entanto, o trecho de Alian&ccedil;a a Palmas, ficar&aacute; a cargo do Denit e ser&aacute; executado com recursos p&uacute;blicos, raz&atilde;o pela qual estamos apresentando a presente emenda com a finalidade de garantir prioridade a esse projeto na LDO 2016&rdquo;</em>, justificou a peemedebista.<br />
<br />
<u><strong>LDO</strong></u><br />
<br />
O relator do projeto da Lei de Diretrizes Or&ccedil;ament&aacute;rias (LDO) de 2016, deputado Ricardo Teobaldo (PTB-PE), deve apresentar ainda nesta ter&ccedil;a,14, o seu parecer final que deve avaliar&nbsp; as 3.027 emendas apresentadas ao texto original do Executivo.<br />
<br />
Depois que o relat&oacute;rio final for apresentado, a Comiss&atilde;o Mista de Or&ccedil;amento ainda tem prazo de tr&ecirc;s dias &uacute;teis para analis&aacute;-lo, o que poderia inviabilizar a aprova&ccedil;&atilde;o da LDO nesta semana.<br />
<br />
A Comiss&atilde;o de Or&ccedil;amento tem nova reuni&atilde;o marcada para amanh&atilde; &agrave;s 14 horas, depois da sess&atilde;o do Congresso que poderia analisar a LDO e que tem 12 vetos trancando a pauta. (Com informa&ccedil;&otilde;es da Ag&ecirc;ncia C&acirc;mara)</span>

Comentários pelo Facebook: