Sobral – 300×100
Seet

Grupo português vê Tocantins como nova fronteira de desenvolvimento e conhece potencialidades

admin -

<span style="font-size:14px;">O diretor comercial e membro da Comiss&atilde;o Executiva do grupo empresarial portugu&ecirc;s Lena, Andr&eacute; do Esp&iacute;rito Santo, foi recebido na tarde desta quarta-feira, 22, na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econ&ocirc;mico e Turismo (Sedetur).&nbsp; O grupo tem atua&ccedil;&atilde;o em diversas &aacute;reas de neg&oacute;cios em pa&iacute;ses da Europa, &Aacute;frica e Am&eacute;rica do Sul, entre eles o Brasil, onde est&aacute; presente nos estados da Bahia e do Par&aacute;.<br />
<br />
Em reuni&atilde;o com o subsecret&aacute;rio Jos&eacute; Carlos Bezerra, o superintendente de&nbsp; Desenvolvimento Econ&ocirc;mico, Vilmar Carneiro, e t&eacute;cnicos da Sedetur, o diretor explicou a diversidade das atividades empresariais do Grupo Lena, que v&atilde;o desde a ind&uacute;stria da constru&ccedil;&atilde;o civil ao meio ambiente e produ&ccedil;&atilde;o de energias renov&aacute;veis.<br />
<br />
O empres&aacute;rio assistiu a uma apresenta&ccedil;&atilde;o sobre o Estado, na qual foram mostradas as vantagens do seu posicionamento geogr&aacute;fico no centro geod&eacute;sico do Brasil, a extrema luminosidade e o per&iacute;odo chuvoso definido, ambos favor&aacute;veis ao agroneg&oacute;cio; a bacia hidrogr&aacute;fica e o modal de transporte – ideais para a log&iacute;stica. O bioma composto 88% de cerrados (equivalente &agrave;s savanas europeias); a topografia 82% plana, com somente 10% de declividade, extremamente favor&aacute;vel &agrave; agricultura; o potencial miner&aacute;rio; os incentivos fiscais do Governo do Estado a investidores externos e tamb&eacute;m do governo federal pelo fato de o Tocantins pertencer &agrave; Amaz&ocirc;nia Legal; e a integra&ccedil;&atilde;o do estado ao projeto Matopiba, tamb&eacute;m foram expostos, assim como&nbsp; alguns projetos em que o Governo tem interesse em firmar parcerias p&uacute;blico-privadas.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Reuni%C3%A3o%20com%20executivo%20Grupo%20Lena%20-%20%20Maria%20Jos%C3%A9%20Batista.JPG" style="width: 300px; height: 169px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Para o subsecret&aacute;rio Jos&eacute; Carlos, visitas como a do executivo do Grupo Lena s&atilde;o significativas, pois indicam que o Tocantins desperta interesse como um estado aberto a novos investimentos. &ldquo;<em>Esse grupo j&aacute; est&aacute; na Bahia e no Par&aacute;, e eles sabem que aqui oferecemos boas condi&ccedil;&otilde;es para investimentos. Aqui h&aacute; oportunidades para grandes neg&oacute;cios&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Andr&eacute; do Esp&iacute;rito Santo disse que o interesse do Grupo baseia-se no fato de que o Tocantins constitui-se ainda numa nova fronteira de desenvolvimento. &ldquo;<em>Aqui tem tudo aquilo em que nosso grupo costuma investir e as possibilidades s&atilde;o vastas. Este foi nosso primeiro contato, e creio que as oportunidades v&atilde;o surgir&rdquo;</em>, disse o executivo.</span>

Comentários pelo Facebook: