Seet
Sobral – 300×100

Secretário Adão planeja implantar frequência eletrônica nas escolas e integrar sistema de informações

admin -

<span style="font-size:14px;">A nova gest&atilde;o da Secretaria de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o (Seduc) planeja junto &agrave; equipe de Tecnologia e Inova&ccedil;&atilde;o a integra&ccedil;&atilde;o dos sistemas de informa&ccedil;&atilde;o do &oacute;rg&atilde;o. A proposta &eacute; que os 20 sistemas que j&aacute; funcionam, sejam trabalhados em um &uacute;nico local, para dar melhor efetividade &agrave;s informa&ccedil;&otilde;es. Alinhado a isso, a Seduc tamb&eacute;m pretende adotar as frequ&ecirc;ncias eletr&ocirc;nicas nas escolas p&uacute;blicas do Tocantins, atrav&eacute;s de um aplicativo.<br />
<br />
De acordo com o secret&aacute;rio Ad&atilde;o Francisco, o objetivo &eacute; que, com as informa&ccedil;&otilde;es integradas em um &uacute;nico sistema haver&aacute; melhor compreens&atilde;o do quadro, no contexto da educa&ccedil;&atilde;o, bem como garantir a proje&ccedil;&atilde;o de an&aacute;lise de dados que orientem sobre a realidade da educa&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Intencionamos que, a partir do segundo semestre deste ano, j&aacute; tenhamos definido esse quadro de integra&ccedil;&atilde;o de sistema e ao mesmo tempo possamos operar e melhorar com o uso das informa&ccedil;&otilde;es para fazer uma melhor gest&atilde;o&rdquo;</em>, informou.<br />
<br />
O sistema de frequ&ecirc;ncia eletr&ocirc;nico, que j&aacute; &eacute; a adotado em outras escolas p&uacute;blicas do Pa&iacute;s, est&aacute; pr&oacute;ximo a chegar nas escolas do Tocantins. <em>&ldquo;Vale lembrar que teremos a comunica&ccedil;&atilde;o em tempo imediato com os respons&aacute;veis pelos alunos nas escolas. Com a implanta&ccedil;&atilde;o do registro eletr&ocirc;nico, os pais ter&atilde;o informa&ccedil;&otilde;es do aluno a partir do momento em que ele entra na escola&rdquo;</em>, disse o secret&aacute;rio.<br />
<br />
Ad&atilde;o ainda explicou que professores e t&eacute;cnicos ser&atilde;o capacitados para utilizar esse conjunto de informa&ccedil;&otilde;es e chamou aten&ccedil;&atilde;o ao sistema eletr&ocirc;nico para que o tempo em sala de aula seja otimizado. <em>&ldquo;Nesse sistema, os pais receber&atilde;o um conjunto de informa&ccedil;&otilde;es sobre a dimens&atilde;o da escola, desde a frequ&ecirc;ncia at&eacute; problemas relacionados &agrave; aprendizagem do seu filho. Os professores tamb&eacute;m poder&atilde;o utilizar exclusivamente o seu tempo em sala, dando aulas&rdquo;</em>, ressaltou Ad&atilde;o Francisco.<br />
<br />
Segundo o superintendente de Tecnologia e Inova&ccedil;&atilde;o, Maur&iacute;cio Reis Nascimento, a unifica&ccedil;&atilde;o dos sistemas da Seduc facilitar&aacute; melhor utiliza&ccedil;&atilde;o e acesso &agrave;s informa&ccedil;&otilde;es. Sobre a frequ&ecirc;ncia eletr&ocirc;nica, ele ressaltou que a previs&atilde;o &eacute; que a partir de 2016 o aplicativo j&aacute; esteja em funcionamento. &ldquo;<em>Estamos planejamento para ocorrer em breve a unifica&ccedil;&atilde;o dos sistemas. Obedecendo aos crit&eacute;rios de licita&ccedil;&otilde;es, a previs&atilde;o &eacute; que o aplicativo de frequ&ecirc;ncia eletr&ocirc;nica escolar esteja funcionando no ano que vem. Iremos planejar para que isso aconte&ccedil;a da melhor forma poss&iacute;vel&rdquo;</em>, finalizou.</span>

Comentários pelo Facebook: