Seet
Sobral – 300×100

Homem é condenado por assalto aos Correios no Tocantins em 1997

admin -

<span style="font-size:14px;">A Justi&ccedil;a Federal condenou Izomar Melqu&iacute;ades da Silva a cinco anos e quatro meses de pris&atilde;o e pagamento de 13 dias-multa pelo crime previsto no artigo 157, par&aacute;grafo 2&ordm;, inciso II, do C&oacute;digo Penal, por sua participa&ccedil;&atilde;o no roubo &agrave; ag&ecirc;ncia dos Correios de Monte do Carmo, em agosto de 1997. Mais quatro pessoas participaram da a&ccedil;&atilde;o criminosa, cujos processos foram desmembrados e tramitam separadamente. A medida e consequ&ecirc;ncia de a&ccedil;&atilde;o penal promovida pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal no Tocantins.<br />
<br />
Segundo a den&uacute;ncia ministerial, Izomar e mais quatro homens roubaram a quantia de R$ 10.000,00 al&eacute;m de cheques, encomendas e bilhetes de loterias depois de vencerem a resist&ecirc;ncia do funcion&aacute;rio da ag&ecirc;ncia mediante amea&ccedil;a com arma de fogo.<br />
<br />
Um dos criminosos rendeu os funcion&aacute;rios da Prefeitura de Monte do Carmo, que fica em um pr&eacute;dio ao lado da ag&ecirc;ncia, enquanto outros dois, armados de rev&oacute;lveres, efetivamente realizaram o roubo. Coube a Izomar o papel de impedir a entrada de pessoas no recinto e resguardar a fuga dos demais criminosos, feita em um ve&iacute;culo roubado na cidade de Alian&ccedil;a dirigido por outro dos envolvidos na a&ccedil;&atilde;o criminosa.<br />
<br />
A senten&ccedil;a aponta que os elementos probat&oacute;rios n&atilde;o deixam d&uacute;vidas de que Izomar executou seu papel para auxiliar na consuma&ccedil;&atilde;o do delito, ciente do car&aacute;ter criminoso do ato.<br />
<br />
<strong><u>O que diz o C&oacute;digo Penal</u></strong><br />
<br />
Artigo 157 &ndash; Subtrair coisa m&oacute;vel alheia, para si ou para outrem, mediante grave amea&ccedil;a ou viol&ecirc;ncia a pessoa, ou depois de hav&ecirc;-la, por qualquer meio, reduzido &agrave; impossibilidade de resit&ecirc;ncia:<br />
Pena &ndash; reculs&atilde;o, de quatro a dez anos, e multa.<br />
(…)<br />
&sect; 2&ordm; &ndash; A pena aumenta-se um ter&ccedil;o at&eacute; a metade:<br />
I &ndash; se a viol&ecirc;ncia ou amea&ccedil;a &eacute; exercida com emprego de arma;<br />
II &ndash; se h&aacute; o concurso de duas ou mais pessoas.</span>

Comentários pelo Facebook: