Sobral – 300×100
Seet

Com professores em greve, Secretaria da Educação diz que escolas se preparam para volta às aulas

admin -

<span style="font-size:14px;">Com o retorno das aulas previsto para a pr&oacute;xima segunda-feira, 3, escolas da rede estadual de ensino intensificam os preparativos para recepcionar estudantes e professores. Ao todo, a rede estadual conta com mais de 530 escolas e uma popula&ccedil;&atilde;o discente com cerca de 190 mil estudantes.<br />
<br />
Mas o retorno das aulas n&atilde;o est&aacute; garantido em raz&atilde;o da greve dos professores, desde o dia 6 de junho. A categoria far&aacute; uma assembleia geral no proximo dia 5 de agosto.<br />
<br />
De acordo com a subsecret&aacute;ria de Educa&ccedil;&atilde;o, Morgana Gomes, com a paralisa&ccedil;&atilde;o dos profissionais da educa&ccedil;&atilde;o tocantinense, ainda n&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel precisar quantas escolas e o n&uacute;mero de estudantes que retornar&atilde;o as atividades na pr&oacute;xima segunda. Contudo, a gestora destacou a import&acirc;ncia da prepara&ccedil;&atilde;o das escolas para receber os alunos.<br />
<br />
&ldquo;<em>A Seduc continua com o di&aacute;logo aberto junto aos trabalhadores da educa&ccedil;&atilde;o e acreditamos que seja poss&iacute;vel chegarmos a um entendimento para acabar com a greve e retomarmos 100% as atividades nas escolas da rede estadual. Mesmo assim, para as unidades que retornam &agrave;s aulas no dia tr&ecirc;s, &eacute; de grande import&acirc;ncia que os estudantes encontrem um ambiente limpo, organizado e receptivo para retomarem as atividades escolares com entusiasmo&rdquo;</em>, frisou a subsecret&aacute;ria.<br />
<br />
Desta forma, unidades escolares como o Centro de Aten&ccedil;&atilde;o Integral &agrave; Crian&ccedil;a (Caic) vem implementando pequenos reparos para receber a comunidade escolar na pr&oacute;xima segunda-feira. De acordo com a diretora da unidade, Marisa Aparecida Alves dos Santos, a escola recebeu, ainda, um novo jardim que dar&aacute; um novo visual ao interior da escola. <em>&ldquo;Este &eacute; o nosso ambiente de trabalho e devemos nos preocupar com ele</em>&rdquo;, salientou.<br />
<br />
Professora de L&iacute;ngua Portuguesa no Caic, J&uacute;lia Carmelle de Oliveira participou de uma forma&ccedil;&atilde;o realizada na manh&atilde; desta sexta-feira, 31, na unidade escolar e defendeu a aplica&ccedil;&atilde;o de aulas diferenciadas e humanizadas. <em>&ldquo;Aqui temos uma equipe de refer&ecirc;ncia, que se preocupa com o lado humano tanto do professor como do aluno, com isso, desenvolvemos a capacidade de olhar para o outro e procur&aacute;-lo entend&ecirc;-lo&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
<u><strong>Escola S&atilde;o Jos&eacute; e Col&eacute;gio Frederico</strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/professores%20volta%20as%20aulas.jpg" style="width: 300px; height: 217px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Na Escola Estadual S&atilde;o Jos&eacute;, o diretor Ant&ocirc;nio Jos&eacute; Gama destacou que a unidade passou por pintura externa e interna, al&eacute;m da implanta&ccedil;&atilde;o de pain&eacute;is de identifica&ccedil;&atilde;o no interior da unidade. Al&eacute;m disso, a equipe t&eacute;cnica da escola participou de uma reuni&atilde;o geral com a dire&ccedil;&atilde;o da unidade educacional para discutir o regimento interno. &ldquo;<em>Aqui todos s&atilde;o respons&aacute;veis por conversar com os alunos para manterem a escola organizada e limpa, sem danos ao patrim&ocirc;nio p&uacute;blico&rdquo;,</em> explicou.<br />
<br />
J&aacute; a diretora do Col&eacute;gio Estadual Frederico Pedreira, Aurora Mazarelo, frisou que a unidade passa por processo de limpeza geral. Al&eacute;m disso, na manh&atilde; desta sexta-feira, a equipe pedag&oacute;gica do col&eacute;gio se reuniu para realizar uma forma&ccedil;&atilde;o e o planejamento para o segundo semestre letivo de 2015. &ldquo;Estamos fazendo todos os preparativos para receber os nossos alunos no retorno as aulas. Os alunos est&atilde;o nos ligando, querendo saber se nossas aulas v&atilde;o come&ccedil;ar e n&oacute;s estamos trabalhando para que isso aconte&ccedil;a&rdquo;, pontuou.</span>

Comentários pelo Facebook: