Sobral – 300×100
Seet

Aluno do Senai Tocantins representa o Brasil em olimpíada internacional de profissões técnicas, em SP

admin -

<span style="font-size:14px;">A maior competi&ccedil;&atilde;o de educa&ccedil;&atilde;o profissional do mundo,&nbsp;<a href="http://www.worldskillssaopaulo2015.com/pt/" target="_blank"><strong>WorldSkills</strong></a>, contar&aacute; com a participa&ccedil;&atilde;o de um tocantinense. Natural de Brejinho de Nazar&eacute;, regi&atilde;o central do estado,&nbsp;<a href="http://www.portaldaindustria.com.br/senai/canal/delegacao-brasileira/" target="_blank"><strong>Alisson Aguiar</strong></a>, &eacute; aluno do Servi&ccedil;o Nacional de Aprendizagem Industrial (<strong>SENAI Tocantins</strong>), institui&ccedil;&atilde;o na qual fez o curso de&nbsp;<strong>Pintura Decorativa</strong>,&nbsp;ocupa&ccedil;&atilde;o que representa na olimp&iacute;ada internacional de profiss&otilde;es t&eacute;cnicas. O evento acontece de 11 a 16 de agosto, no Anhembi Parque, em S&atilde;o Paulo.<br />
&nbsp;<br />
Realizada a cada dois anos, a WorldSkills est&aacute; em sua 43&ordf; edi&ccedil;&atilde;o. Os alunos com os melhores &iacute;ndices na&nbsp;<a href="http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/olimpiadas-do-conhecimento/2014/01/1,7163/o-que-e.html" target="_blank"><strong>Olimp&iacute;ada do Conhecimento</strong></a>, etapa nacional que re&uacute;ne competidores do SENAI e SENAC, continuam o treinamento para conquistar as vagas na WorldSkills em 50 ocupa&ccedil;&otilde;es. Vencem os alunos que demonstrarem maior habilidade no cumprimento dos desafios (provas) que seguem padr&otilde;es internacionais de qualidade.<br />
&nbsp;<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Alisson%20Aguiar%20-%20Tocantins%20-%20foto%20Carlos%20Conde.jpg" style="width: 300px; height: 290px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Alisson Aguiar tem 18 anos e &eacute; o primeiro brasileiro a disputar a ocupa&ccedil;&atilde;o Pintura Decorativa. Perguntado sobre a maior dificuldade esperada em uma competi&ccedil;&atilde;o internacional, ele n&atilde;o hesita em dizer: <em>&ldquo;Nenhuma, pois o principal &eacute; o treinamento, n&atilde;o h&aacute; nada que me amedronte&rdquo;</em>.<br />
&nbsp;<br />
A dedica&ccedil;&atilde;o ao treinamento &eacute; confirmada pelo seu treinador, o instrutor de Pintura do SENAI em Palmas, Gilvan Sousa. <em>&ldquo;A evolu&ccedil;&atilde;o do Alisson foi surpreendente, renovando a esperan&ccedil;a e a vontade que a gente tinha e tem de ganhar o mundial. A gente conta com medalha</em>&rdquo;, avalia o treinador do tocantinense.<br />
&nbsp;<br />
S&atilde;o Paulo &eacute; a primeira cidade brasileira e da Am&eacute;rica do Sul a sediar a competi&ccedil;&atilde;o internacional. Ser&atilde;o 1.200 competidores, n&uacute;mero recorde que superou o registrado na &uacute;ltima competi&ccedil;&atilde;o, em 2013, na Alemanha. A etapa nacional (Olimp&iacute;ada do Conhecimento 2014) foi disputada em Belo Horizonte (MG). Na ocasi&atilde;o, o tocantinense obteve o segundo lugar e a primeira medalha do SENAI Tocantins na hist&oacute;ria da competi&ccedil;&atilde;o. Ap&oacute;s intenso treinamento, a Alisson conquistou a vaga ao alcan&ccedil;ar o &iacute;ndice t&eacute;cnico exigido pela competi&ccedil;&atilde;o em simulado aplicado em maio deste ano.</span><br />

Comentários pelo Facebook: