Sobral – 300×100
Seet

Operação apreende 10 toneladas de pescado; 60 pessoas devem responder a processo

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
Portal AF Not&iacute;cias&nbsp;<br />
<br />
Uma opera&ccedil;&atilde;o realizada em Palmas resultou na apreens&atilde;o de cerca de 10 toneladas de pescado. O material foi localizado na zona rural da capital com 60 pescadores, que vieram do estado do Par&aacute; e estariam pescando no Tocantins h&aacute; 20 dias.<br />
<br />
Segundo&nbsp; a Funda&ccedil;&atilde;o do Meio Ambiente de Palmas, os peixes estavam armazenados de forma irregular e ser&atilde;o descartados. Al&eacute;m disto, h&aacute; suspeita de que explosivos eram usados na pesca.<br />
<br />
A Pol&iacute;cia Civil (PC) est&aacute; investigando o caso, no entanto, os pescadores foram atuados por acondicionamento irregular.&nbsp; <em>&ldquo;Apesar de encontrarmos vest&iacute;gios de explosivos pr&oacute;ximos ao lago, n&atilde;o foi comprovado que eles estavam utilizando para pescar. Ser&aacute; feito um laudo no pr&oacute;prio pescado para verificar isso&rdquo;</em>, disse o presidente da Funda&ccedil;&atilde;o do Meio Ambiente, Germana Pires. Se for confirmada a irregularidade, os pescadores poder&atilde;o ser acusados de crime ambiental.<br />
<br />
<u><strong>Opera&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
O pescado foi apreendido ap&oacute;s den&uacute;ncia an&ocirc;nima. A opera&ccedil;&atilde;o teve a participa&ccedil;&atilde;o do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Ag&ecirc;ncia de Defesa Agropecu&aacute;ria (Adapec), Minist&eacute;rio da Agricultura e Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria do estado, guardas da divis&atilde;o ambiental da Guarda Metropolitana de Palmas e fiscais da Funda&ccedil;&atilde;o Municipal de Ambiente.</span>

Comentários pelo Facebook: