Seet
Sobral – 300×100

Serviço de raio X custa 13 vezes mais do que o normal com terceirização em Palmas

admin -

<span style="font-size:14px;">A Prefeitura de Palmas (TO) gasta R$ 384 mil por m&ecirc;s para manter uma equipe de oito a 14 t&eacute;cnicos em Radiologia em tr&ecirc;s unidades de sa&uacute;de do munic&iacute;pio. Uma equipe como esta custaria normalmente R$ 30 mil por m&ecirc;s. O contrato foi firmado com a Techcapital Diagn&oacute;stica &amp; Equipamentos M&eacute;dico-hospitalares e vale mais de R$ 4 milh&otilde;es pelo per&iacute;odo de um ano.<br />
<br />
Ao passar por um processo de licita&ccedil;&atilde;o, esperava-se que a empresa que oferecesse o servi&ccedil;o pelo menor pre&ccedil;o venceria. Mas de acordo com os profissionais da &aacute;rea que atuam em Palmas, a Techcapital monopoliza os servi&ccedil;os radiol&oacute;gicos da cidade h&aacute; mais de 20 anos.<br />
<br />
O acordo com a empresa apresenta ind&iacute;cios de superfaturamento, na opini&atilde;o da presidente do Conselho Nacional de T&eacute;cnicos em Radiologia. Valdelice Teodoro defende que a contrata&ccedil;&atilde;o deva ser investigada por autoridades locais. Al&eacute;m disso, a terceiriza&ccedil;&atilde;o de atividade-fim na &aacute;rea da sa&uacute;de &eacute; ilegal.<br />
<br />
Em fevereiro deste ano, o Centro Radiol&oacute;gico de Bras&iacute;lia foi condenado a pagar R$ 700 mil de indeniza&ccedil;&atilde;o pelo mesmo tipo de terceiriza&ccedil;&atilde;o. Os servi&ccedil;os de radiodiagn&oacute;stico devem ser executados por profissionais contratados diretamente pela administra&ccedil;&atilde;o, sem o interm&eacute;dio de empresas, por meio de concurso p&uacute;blico.<br />
<br />
Em 2013, a prefeitura de Palmas assinou um TAC em que se compromete a contratar servidores apenas mediante a concurso p&uacute;blico. Do contr&aacute;rio, deveria pagar uma multa de R$ 50 mil. Um edital para a sele&ccedil;&atilde;o de t&eacute;cnicos em Radiologia chegou a ser lan&ccedil;ado em dezembro do mesmo ano e as provas foram realizadas em abril de 2014. Mas at&eacute; agora, nenhum dos aprovados foi convocado.<br />
<br />
Ser&aacute; que a Techcapital &lsquo;roubou&rsquo; a vaga daqueles que deveriam trabalhar ap&oacute;s vencer o concurso p&uacute;blico? Uma das pessoas que passou no exame denuncia:<em> &ldquo;J&aacute; fui ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico v&aacute;rias vezes e me dizem que n&atilde;o podem fazer nada, apesar de saberem que o contrato &eacute; suspeito. O secret&aacute;rio de sa&uacute;de, o senhor Luiz Carlos Alves Teixeira, se recusa a receber as pessoas para discutir o assunto, afirma que n&atilde;o vai chamar ningu&eacute;m. Perdi as esperan&ccedil;as de os aprovados assumirem, pois existe conluio com essa empresa</em>&rdquo;.<br />
<br />
As informa&ccedil;&otilde;es s&atilde;o da Ag&ecirc;ncia Estado.</span>

Comentários pelo Facebook: