Seet
Sobral – 300×100

Grupo Atacadão investe R$ 2 mi na duplicação da Filadélfia e vai revitalizar praças do Jardim das Flores e Vila Ribeiro

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
As obras de duplica&ccedil;&atilde;o da Avenida Filad&eacute;lfia, entre a Feirinha e a Avenida 1&ordm; de janeiro, est&atilde;o a todo vapor e ser&atilde;o custeadas, inteiramente, com recursos da iniciativa privada, no total de R$ 2 milh&otilde;es. O investimento &eacute; fruto de uma parceria da Prefeitura de Aragua&iacute;na com o Grupo Atacad&atilde;o, que abriu uma loja recentemente no munic&iacute;pio.<br />
<br />
A duplica&ccedil;&atilde;o ter&aacute; uma extens&atilde;o aproximada de 1.080 metros, contar&aacute; com uma rotat&oacute;ria entre as ruas 2 de abril e 14 de janeiro, no Bairro S&atilde;o Jo&atilde;o. A obra deve durar 60 dias. Os investidores franceses v&atilde;o custear ainda a revitaliza&ccedil;&atilde;o de duas pra&ccedil;as, uma no setor Jardim das Flores e outra na Vila Ribeiro, como contrapartida social.<br />
<br />
O prefeito Ronaldo Dimas esteve, na manh&atilde; desta segunda-feira (10), acompanhando o andamento das obras e contou como conseguiu a parceria. <em>&ldquo;Quando o Grupo Atacad&atilde;o decidiu se instalar em Aragua&iacute;na n&oacute;s exigimos deles um Relat&oacute;rio de Impacto de Circula&ccedil;&atilde;o (ou Tr&acirc;nsito) onde evidenciou que o empreendimento aumentaria o fluxo de ve&iacute;culos nessa regi&atilde;o, necessitando, portanto, de adequa&ccedil;&otilde;es nas vias de acesso. Mais do que isso, o Relat&oacute;rio mostrou que seria necess&aacute;ria obra de recupera&ccedil;&atilde;o daquele burac&atilde;o [abaixo da Ciretran], para frui&ccedil;&atilde;o do tr&acirc;nsito, s&oacute; que ficaria um valor invi&aacute;vel para exigirmos da empresa&rdquo;</em>, relatou o prefeito.&nbsp;<br />
<br />
<u><strong>Cratera na TO-222</strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/cratera(1).jpg" style="width: 300px; height: 200px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Mas, o descongestionamento do tr&acirc;nsito ainda depender&aacute; da recupera&ccedil;&atilde;o da cratera na TO-222, per&iacute;metro urbano, que &eacute; de responsabilidade do Governo do Estado. <em>&quot;Burac&atilde;o vergonhoso. Tr&ecirc;s vezes recuperado, mas faltou projeto adequado. Estamos doando o projeto ao Estado e a inciativa privada est&aacute; fazendo esse trecho da duplica&ccedil;&atilde;o. Espero que, com o projeto na m&atilde;o, o governo fa&ccedil;a rapidamente a licita&ccedil;&atilde;o e resolva de vez aquele problema&rdquo;</em>, afirmou Dimas.<br />
<br />
<u><strong>Gargalos da duplica&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Segundo o prefeito, ainda existem dois &ldquo;gargalos&rdquo; que podem atrasar a conclus&atilde;o da duplica&ccedil;&atilde;o da Avenida Filad&eacute;lfia. &ldquo;<em>Na parte baixa, em frente a Feirinha, temos resid&ecirc;ncias de pessoas simples, humildades, j&aacute; quase todas negociadas. Vamos fazer a remo&ccedil;&atilde;o deles para unidades do Residencial Lago Azul. Enquanto isso, o Munic&iacute;pio vai pagar um aluguel social&rdquo;</em>, relatou.<br />
<br />
J&aacute; na parte superior da Avenida, h&aacute; algumas empresas que &quot;invadiram&quot; a via p&uacute;blica destinada &agrave; duplica&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Nesse caso, j&aacute; fizemos o levantamento das indeniza&ccedil;&otilde;es sobre as benfeitorias constru&iacute;das e estamos em fase de negocia&ccedil;&atilde;o.&nbsp; Mas isso come&ccedil;a a colocar um pouco de dificuldade para o andamento da obra. Esperamos a compreens&atilde;o dessas pessoas porque &eacute; uma obra fundamental para o crescimento e desenvolvimento da cidade&rdquo;</em>, ressaltou Dimas.<br />
<br />
<strong><u>Governo do Estado tinha prometido a duplica&ccedil;&atilde;o</u></strong><br />
<br />
A duplica&ccedil;&atilde;o da Avenida Filad&eacute;lfia foi uma das promessas do Governo do Estado. No in&iacute;cio de 2014, o ent&atilde;o secret&aacute;rio de Rela&ccedil;&otilde;es Institucionais, Eduardo Siqueira, prometeu a libera&ccedil;&atilde;o dos recursos e, posteriormente, Sandoval Cardoso [governador], tamb&eacute;m ressuscitou a promessa. No entanto, nenhum centavo da promessa foi liberado. &ldquo;<em>Infelizmente, o Governo do Estado n&atilde;o enviou os recursos para essa obra de duplica&ccedil;&atilde;o, que &eacute; um dos gargalos da cidade&rdquo;</em>, lamentou Ronaldo Dimas.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/filadelfia.jpg" style="width: 600px; height: 385px;" /></span><br />

Comentários pelo Facebook: