Sobral – 300×100
Seet

Experimento realizado com 17 variedades de milho mostra boa produtividade e resistência a pragas

admin -

<span style="font-size:14px;">O Departamento T&eacute;cnico da Cooperativa de Agricultores de Pedro Afonso (Coapa) divulgou nesta segunda-feira, 10 de agosto, o resultado do experimento realizado com 17 variedades de sementes de milho cultivadas em uma &aacute;rea de 8 hectares, na zona rural de Pedro Afonso.<br />
<br />
Os gr&atilde;os foram plantados em janeiro deste ano e colhidos no final de junho. O objetivo foi apontar quais variedades se adaptariam melhor &agrave;s condi&ccedil;&otilde;es de ambiente da regi&atilde;o de Pedro Afonso.<br />
<br />
Os resultados da pesquisa mostram bons resultados, destaque para a produtividade por hectare e a resist&ecirc;ncia a pragas. Segundo o engenheiro agr&ocirc;nomo da Coapa, Eduarte Bonafede, que coordenou o experimento, 15 variedades produziram bem acima de 90 sacas de 60 quilos, que &eacute; a m&eacute;dia de produtividade da regi&atilde;o na atual safra. Uma das variedades rendeu 130 sacas por hectare.<br />
<br />
<strong><u>Ganho econ&ocirc;mico</u></strong><br />
<br />
Esses avan&ccedil;os na quantidade de sacas por hectare animam o produtor rural que cedeu o espa&ccedil;o para o experimento.&nbsp; <em>&ldquo;O custo de produ&ccedil;&atilde;o &eacute; alto. Se o produtor sabe qual semente &eacute; melhor, a chance de ter uma produ&ccedil;&atilde;o maior mais ganhos financeiros aumenta consideravelmente</em>&rdquo;, avaliou Evanis Roberto Lopes.<br />
<br />
Al&eacute;m de produtividade na cultura de milho, os testes mostram uma perspectiva na melhoria de solos para outras culturas, pois a palha que fica na &aacute;rea depois da colheita protege o solo da a&ccedil;&atilde;o do sol, dificulta a germina&ccedil;&atilde;o de ervas daninhas e com a decomposi&ccedil;&atilde;o vira mat&eacute;ria org&acirc;nica.<br />
<br />
Somado a isso tem a quest&atilde;o econ&ocirc;mica, principal foco do produtor.&nbsp; &ldquo;<em>Milho Safrinha j&aacute; &eacute; uma realidade em nossa regi&atilde;o, este ano nos mostrou isto com uma boa produtividade. A cultura do milho vem para melhorar o rendimento do agricultor&rdquo;,</em> comentou o agr&ocirc;nomo. <em>&ldquo;N&atilde;o podemos esquecer que o milho safrinha &eacute; uma cultura que tem que ser plantada com todas as tecnologia necess&aacute;rias</em>&rdquo;, orientou.<br />
<br />
<strong><u>Resistencia a pragas</u></strong><br />
<br />
As amostras se mostraram bem vi&aacute;veis, tamb&eacute;m, por que n&atilde;o tiveram a produtividade comprometida mesmo com a falta de aplica&ccedil;&atilde;o de controles de pragas. <em>&ldquo;O detalhe que mais chamou a aten&ccedil;&atilde;o foi a resist&ecirc;ncia a lagarta. De prop&oacute;sito n&atilde;o foi aplicado fungicida na lavoura experimental, assim a doen&ccedil;a entrou e mesmo assim n&atilde;o comprometeu a produtividade, mas n&atilde;o podemos arriscar nos pr&oacute;ximos plantios&rdquo;</em>, comemorou o agr&ocirc;nomo.<br />
<br />
Em abril deste ano, a Coapa realizou um dia de campo, onde t&eacute;cnicos da cooperativa e de empresas parceiras forneceram detalhes sobre o plantio, al&eacute;m das tecnologias e produtos indispens&aacute;veis para se obter bons resultados na produ&ccedil;&atilde;o de milho.<br />
<br />
A instala&ccedil;&atilde;o do campo experimental teve o apoio da Syngenta, Primaiz, Pionner, Dow AgroSciences, Nidera, Bayer e Nortox.<br />
<br />
<u><strong>Sementes dispon&iacute;veis</strong></u><br />
<br />
Depois dessa a&ccedil;&atilde;o e os bons resultados, os produtores podem recorrer &agrave; cooperativa para adquirirem as amostras de milho que geraram os resultados positivos na pesquisa. O telefone de contato &eacute; (63) 3466-2003.</span>

Comentários pelo Facebook: