Sobral – 300×100
Seet

Conselho Federal de Medicina diz que número de médicos no Brasil é suficiente

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz D&rsquo;&Aacute;vila, disse na segunda-feira (18) que o pa&iacute;s conta com um n&uacute;mero de m&eacute;dicos suficiente para atender a demanda e cobrou do governo federal a cria&ccedil;&atilde;o de um plano de carreira capaz de atrair profissionais para &aacute;reas de menor cobertura, como no interior do pa&iacute;s.<br />
<br />
Pesquisa divulgada pelo &oacute;rg&atilde;o aponta que o Brasil tem atualmente dois m&eacute;dicos para cada grupo de mil habitantes. O Sudeste lidera o ranking com 2,67 profissionais por mil habitantes, seguido pelo Sul, com 2,09, e pelo Centro-Oeste, com 2,05. J&aacute; no Nordeste, o &iacute;ndice &eacute; 1,23 e no Norte, 1,01. Dos 388 mil m&eacute;dicos no pa&iacute;s, 55,5% atuam no Sistema &Uacute;nico de Sa&uacute;de (SUS).<br />
<br />
D&#39;&Aacute;vila criticou medidas sobre a abertura de novos cursos de medicina, anunciada pelo governo federal, e o est&iacute;mulo a vinda de m&eacute;dicos estrangeiros ou com forma&ccedil;&atilde;o no exterior. &ldquo;N&atilde;o me venham com atitudes que s&atilde;o s&oacute; cosm&eacute;ticas e que n&atilde;o v&atilde;o resolver o problema&rdquo;, disse. &ldquo;Desafio o governo a sentar conosco e debater as ideias da melhor maneira poss&iacute;vel&rdquo;, completou.<br />
<br />
Al&eacute;m da cria&ccedil;&atilde;o de um plano de carreira semelhante ao do Poder Judici&aacute;rio, com possibilidade de educa&ccedil;&atilde;o continuada e dedica&ccedil;&atilde;o exclusiva, o CFM defende tamb&eacute;m a a abertura de vagas de resid&ecirc;ncia m&eacute;dica para cada aluno formado em medicina. &ldquo;&Eacute; o nosso sonho. Pa&iacute;ses s&eacute;rios fazem isso&rdquo;, concluiu o presidente.</span></div>

Comentários pelo Facebook: