Seet
Sobral – 300×100

Ensino de Língua Japonesa nas escolas públicas é proposto em encontro com embaixador do Japão

admin -

<span style="font-size:14px;">Durante encontro com a comitiva japonesa, liderada pelo embaixador Keiko Umeda, foi discutida a implanta&ccedil;&atilde;o de aulas de L&iacute;ngua Japonesa nas escolas p&uacute;blicas do Tocantins. O encontro, realizado na tarde desta sexta-feira (14), contou ainda com empres&aacute;rios japoneses e o secretariado estadual. Na ocasi&atilde;o, o governador Marcelo Miranda ainda aproveitou a oportunidade para convidar todo o grupo para conhecer o Sal&atilde;o do Livro, que ser&aacute; realizado em setembro.<br />
<br />
De acordo com o embaixador, a iniciativa de implantar aulas de japon&ecirc;s nas escolas visa, a longo prazo, aumentar o n&uacute;mero de estudantes brasileiros no Jap&atilde;o, atrav&eacute;s do Programa Ci&ecirc;ncia Sem Fronteira. De acordo com o diplomata, mesmo com a possibilidade de estudar em ingl&ecirc;s, o dom&iacute;nio da l&iacute;ngua m&atilde;e de seu pa&iacute;s ainda &eacute; um fator que facilita a estada na terra do Sol nascente. &ldquo;<em>Hoje o Tocantins tem cerca de 10 mil pessoas de origem japonesa. Atualmente apenas 340 alunos brasileiros estudam no Jap&atilde;o pelo Ci&ecirc;ncia sem Fronteira e, por isso, o governo est&aacute; querendo aumentar o n&uacute;mero de alunos do Brasil no Jap&atilde;o</em>&rdquo;, completou.<br />
<br />
Ainda segundo Keiko Umeda, a proposta pode contar com o apoio do Governo do Estado, bem como de institui&ccedil;&otilde;es de ensino superior. &ldquo;<em>&Eacute; importante termos as universidades e as escolas p&uacute;blicas com disciplinas de L&iacute;ngua Japonesa</em>&rdquo;, frisou.<br />
<br />
Para o governador Marcelo Miranda, a parceria entre o Estado do Tocantins e o governo japon&ecirc;s, que vem desde a implanta&ccedil;&atilde;o do Programa de Coopera&ccedil;&atilde;o Nipo – Brasileiro para o Desenvolvimento dos Cerrados (Prodecer), vem trazido bons frutos para a popula&ccedil;&atilde;o do mais novo Estado do Pa&iacute;s. <em>&ldquo;O mais importante &eacute; saber que o Jap&atilde;o est&aacute; presente no Tocantins e que os projetos aqui explanados por todos coincidem com os nossos</em>&rdquo;, pontuou.<br />
<br />
A subsecret&aacute;ria de Educa&ccedil;&atilde;o, Morgana Gomes, destacou o projeto do Governo tocantinense para o desenvolvimento de uma educa&ccedil;&atilde;o integral e humanizada no Estado. <em>&ldquo;Este &eacute; um projeto que vem a cuidar dos processos educacionais, mas que trata tamb&eacute;m dos aspectos sociais, uma vez que traz tamb&eacute;m como foco as comunidades em situa&ccedil;&atilde;o de vulnerabilidade social, com escolas no Campo e 92 escolas de educa&ccedil;&atilde;o ind&iacute;gena&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
Com rela&ccedil;&atilde;o ao ensino de l&iacute;nguas estrangeiras nas escolas, a subsecret&aacute;ria destacou a recente parceria com a Embaixada dos Estados Unidos da Am&eacute;rica, que vem capacitando professores tocantinenses em L&iacute;ngua Inglesa atrav&eacute;s de programas de forma&ccedil;&atilde;o continuada. <em>&ldquo;N&oacute;s j&aacute; temos no Estado uma parceria que vem dado certo com a Embaixada americana, que tem permitido a implementa&ccedil;&atilde;o do ensino de L&iacute;ngua Inglesa nas escolas</em>&rdquo;,completou.<br />
<br />
<u><strong>Sal&atilde;o do Livro</strong></u><br />
<br />
Ao final do encontro, o governador convidou a todos os presentes para conhecer as festividades religiosas do Tocantins, assim como a 9&ordf; edi&ccedil;&atilde;o do Sal&atilde;o do Livro que ser&aacute; realizado entre os dias 19 e 27 de setembro no Centro de Conven&ccedil;&otilde;es Parque do Povo, em Palmas. <em>&ldquo;Com o Sal&atilde;o do Livro temos a grande satisfa&ccedil;&atilde;o de trazer todo o Estado para um evento em que alunos, professores, escritores, intelectuais podem interagir e levar mais conhecimento para as escolas&rdquo;</em>, disse Marcelo Miranda.</span>

Comentários pelo Facebook: