Seet
Sobral – 300×100

Tocantins tem um importante papel na segurança alimentar do Japão, afirma embaixador

admin -

<span style="font-size:14px;">A vinda do embaixador do Jap&atilde;o no Brasil, Kunio Umeda, ao Tocantins abriu um leque de oportunidades de investidores para o Estado. Em reuni&atilde;o realizada durante toda a tarde desta sexta-feira, 14, o governador Marcelo Miranda ouviu empres&aacute;rios japoneses. Eles compuseram a comitiva e vieram atra&iacute;dos pela capacidade tocantinense para o desenvolvimento do agroneg&oacute;cio.<br />
<br />
Na ocasi&atilde;o, Marcelo Miranda falou das potencialidades do estado e destacou que o Tocantins tem condi&ccedil;&otilde;es prop&iacute;cias para atrair investidores.&nbsp; <em>&ldquo;O Estado tem um grande capacidade produtiva, principalmente no setor aliment&iacute;cio, aumentando a nossa produ&ccedil;&atilde;o, os nossos produtos podem abastecer os mercados asi&aacute;ticos e europeus</em>&rdquo;, ressaltou.<br />
<br />
O embaixador Kunio Umeda destacou a for&ccedil;a do Estado na &aacute;rea de produ&ccedil;&atilde;o de alimentos, apresentou o modelo de policiamento comunit&aacute;rio adotado no Jap&atilde;o e prop&ocirc;s o ensino da l&iacute;ngua japonesa nas escolas de ensino m&eacute;dio tocantinense.&nbsp;&nbsp; <em>&ldquo;O Tocantins &eacute; muito importante para seguran&ccedil;a alimentar do Jap&atilde;o. Nesse sentido, as empresas japonesas, bem como o governo japon&ecirc;s t&ecirc;m interesse em investir na regi&atilde;o do Matopiba&rdquo;</em>, revelou ele, destacando que &ldquo;algumas empresas j&aacute; est&atilde;o investindo nas &aacute;reas de armaz&eacute;m e infraestrutura&rdquo;.<br />
<br />
<strong><u>Empres&aacute;rios</u></strong><br />
<br />
Durante a reuni&atilde;o, empres&aacute;rios do ramo de alimentos e autom&oacute;veis apresentaram os seus neg&oacute;cios e destacaram o interesse em investir no Estado.&nbsp; <em>&ldquo;O governo japon&ecirc;s, junto com empresas privadas do Jap&atilde;o, gostaria de fazer coopera&ccedil;&otilde;es para aproveitar potencial do Estado do Tocantins&rdquo;</em>, destacou Kunio Umeda. Ele apontou que tr&ecirc;s empresas nip&ocirc;nicas j&aacute; atuam em terras tocantinenses e mais de 700 em todo o pa&iacute;s.<br />
<br />
<u><strong>Sistema K&otilde;ban</strong></u><br />
<br />
Segundo o comandante geral da Policia Militar do Tocantins, Glauber de Oliveira Santos, o modelo de policiamento apresentado pelo embaixador japon&ecirc;s &eacute; muito semelhante ao sistema de Policia Comunit&aacute;ria do Estado.<br />
<br />
O representante da Ag&ecirc;ncia de Coopera&ccedil;&atilde;o Internacional do Jap&atilde;o (JICA), Ryuichi Nasu, destacou que algumas a&ccedil;&otilde;es j&aacute; est&atilde;o sendo desenvolvidas no Tocantins por meio de coopera&ccedil;&atilde;o t&eacute;cnica e financeira. &ldquo;<em>Temos o sistema de Pol&iacute;cia Comunit&aacute;ria e j&aacute; desenvolvemos o Programa de Coopera&ccedil;&atilde;o Nipo-Brasileiro para o Desenvolvimento Agr&iacute;cola do Cerrado, entre outros&rdquo;</em>, comentou.</span>

Comentários pelo Facebook: