Seet
Sobral – 300×100

"Noite Cristã" e "Arrarai" estão no calendário de eventos culturais de Araguaína, comemora Terciliano

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Foram sancionadas pelo prefeito de Aragua&iacute;na (TO) as duas leis que incluem no Calend&aacute;rio Oficial de Eventos Culturais do Munic&iacute;pio a &quot;Noite Crist&atilde;&quot; e o &quot;Arrarai&quot;, eventos j&aacute; tradicionais na cidade.<br />
<br />
As Leis Municipais n&ordm; 2.943 e 2.944, de 7 de agosto de 2015, s&atilde;o de autoria do vereador Terciliano Gomes e foram publicadas no Di&aacute;rio Oficial do Munic&iacute;pio de 11 de agosto.<br />
<br />
Inicialmente, as propostas tinham sido vetadas pelo prefeito Ronaldo Dimas, que acatou parecer da Procuradoria do Munic&iacute;pio alegando que n&atilde;o havia previs&atilde;o or&ccedil;ament&aacute;ria para custear as despesas decorrentes da execu&ccedil;&atilde;o dos projetos. No entanto, Terciliano Gomes mostrou que o Or&ccedil;amento Anual possu&iacute;a previs&atilde;o de quase R$ 1 milh&atilde;o para &quot;eventos tradicionais e datas comemorativas&quot;. Com isso, a C&acirc;mara derrubou os vetos, por unanimidade.<br />
<br />
Mas, antes que o presidente da C&acirc;mara promulgasse as duas leis, o prefeito Dimas decidiu sancion&aacute;-las, corrigindo o veto equivocado.<br />
<br />
<em>&ldquo;Ronaldo Dimas sancionou essas leis na &iacute;ntegra, entendendo que a C&acirc;mara estava correta ao demonstrar que de fato tem dota&ccedil;&atilde;o or&ccedil;ament&aacute;ria para ajudar na realiza&ccedil;&atilde;o desses eventos&rdquo;</em>, afirmou Terciliano Gomes.<br />
<br />
O vereador argumenta que, o Arrarai e a Noite Crist&atilde;, embora sejam eventos religiosos na sua ess&ecirc;ncia, s&atilde;o tamb&eacute;m eventos tradicionais. <em>&ldquo;O Arrarai, por exemplo, acontece no munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na por mais de 25 edi&ccedil;&otilde;es, inclusive mais tradicional que a Via Sacra. O poder p&uacute;blico tem que dar sua contribui&ccedil;&atilde;o para esses eventos tradicionais, mas sobretudo, contribuir para a forma&ccedil;&atilde;o do verdadeiro cidad&atilde;o, uma vez que se prega a paz, o respeito &agrave;s pessoas,&nbsp; o amor, uma vida longe do mundo das drogas e da criminalidade&rdquo;</em>, ressaltou Terciliano, acrescentando que &eacute; tamb&eacute;m uma op&ccedil;&atilde;o &agrave;s fam&iacute;lias durante o per&iacute;odo carnavalesco.</span>

Comentários pelo Facebook: