Seet
Sobral – 300×100

Programa "O Campo na Classe Média" vai atender 10 mil produtores de 79 municípios tocantinenses

admin -

<span style="font-size:14px;">O Minist&eacute;rio da Agricultura, Pecu&aacute;ria e Abastecimento (Mapa) lan&ccedil;ou na &uacute;ltima sexta-feira (14), em Palmas, o Programa &quot;O Campo na Classe M&eacute;dia&quot;, que tem o objetivo de promover 400 mil produtores rurais que est&atilde;o com renda proveniente da agricultura insuficiente (Classes D e E) para a Classe M&eacute;dia Rural no Brasil. No Tocantins ser&atilde;o beneficiados, inicialmente, cerca de 9.937 produtores rurais, que trabalham em diversas atividades do setor agropecu&aacute;rio, em 79 munic&iacute;pios.<br />
<br />
A apresenta&ccedil;&atilde;o do programa foi feita pela secret&aacute;ria Executiva do Minist&eacute;rio, Mila Jaber, e pela secret&aacute;ria de Integra&ccedil;&atilde;o e Mobilidade Social, T&acirc;nia Garib, e contou com a presen&ccedil;a do presidente da Federa&ccedil;&atilde;o da Agricultura e Pecu&aacute;ria do Estado do Tocantins (FAET), Paulo Carneiro; do superintendente Federal da Agricultura do Tocantins, Jos&eacute; Geraldo; da superintendente do Senar Tocantins, Rayley Campos Luzza e de dezenas de prefeitos de todas as regi&otilde;es do Estado.<br />
<br />
T&acirc;nia Garib explicou que o programa pretende corrigir as imperfei&ccedil;&otilde;es de mercado; estruturar o acesso a tecnologias que potencializem a produ&ccedil;&atilde;o e resgatar, por meio da pr&oacute;pria agricultura, os produtores rurais para uma renda mais elevada. Ap&oacute;s a apresenta&ccedil;&atilde;o, foram realizadas as ades&otilde;es das Prefeituras ao programa, que teve aceita&ccedil;&atilde;o un&acirc;nime.<br />
De acordo com o programa, ap&oacute;s a classifica&ccedil;&atilde;o e ades&atilde;o dos produtores ao programa, ser&atilde;o elaboradas a&ccedil;&otilde;es de apoio, capacita&ccedil;&atilde;o e incentivo a cria&ccedil;&atilde;o de associa&ccedil;&otilde;es locais de produtores ou integr&aacute;-los em cooperativas j&aacute; existentes, e as associa&ccedil;&otilde;es poder&atilde;o ter como membros as secretarias Municipais de Agricultura e o MAPA, por meio de suas Superintend&ecirc;ncias Estaduais.<br />
<br />
<em>&ldquo;Este ser&aacute; um espa&ccedil;o fundamental para que os produtores, articulados e integrados possam fortalecer sua produ&ccedil;&atilde;o, compra de insumos e venda de produtos</em>&rdquo;, considerou o presidente da FAET, Paulo Carneiro.<br />
<br />
O Programa &quot;O Campo na Classe M&eacute;dia&quot; foi criado pela ministra K&aacute;tia Abreu, ao destacar que &ldquo;para avan&ccedil;armos ainda mais, podemos ir ao encontro de uma grande parcela de produtores que, com o apoio dos governos, consigam, em pouco tempo, aumentar a produ&ccedil;&atilde;o, gerar mais emprego e renda e estabelecer novos patamares para o desenvolvimento da economia brasileira. O grande objetivo &eacute; que esses produtores sejam inseridos na prosperidade do agro brasileiro&rdquo;, assegurou a ministra.</span>

Comentários pelo Facebook: