Sobral – 300×100
Seet

Banco da Amazônia lança editais 2016 para apoio à cultura, esporte, sustentabilidade e cidadania

admin -

<span style="font-size:14px;">O Banco da Amaz&ocirc;nia lan&ccedil;ou editais p&uacute;blicos de 2016 para patroc&iacute;nio de projetos nas &aacute;reas cultural, social, esportiva, ambiental e de artes visuais. As propostas devem ser apresentadas &agrave; Ger&ecirc;ncia de Imagem e Comunica&ccedil;&atilde;o da institui&ccedil;&atilde;o, por pessoas f&iacute;sicas ou jur&iacute;dicas, at&eacute; o dia 15 de setembro de 2015. Este ano, o Edital de Patroc&iacute;nios tem dispon&iacute;vel R$ 1,92 milh&atilde;o para investir em projetos para realiza&ccedil;&atilde;o de feiras e exposi&ccedil;&otilde;es e voltados &agrave;s tem&aacute;ticas ambiental, social, cultural e esportiva, sendo que cada proponente deve requerer at&eacute; R$ 35 mil por proposta apresentada.<br />
<br />
As pessoas f&iacute;sicas e jur&iacute;dicas que queiram participar devem levar em conta que todas as a&ccedil;&otilde;es precisam ser desenvolvidas em parceria com atores sociais tamb&eacute;m comprometidos com o desenvolvimento sustent&aacute;vel da regi&atilde;o, que os projetos precisam ser executados na &aacute;rea de atua&ccedil;&atilde;o do Banco da Amaz&ocirc;nia, ou seja, na Amaz&ocirc;nia Legal, e que possibilitem a&ccedil;&otilde;es de relacionamento com clientes da institui&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
Os projetos de realiza&ccedil;&atilde;o de feiras e exposi&ccedil;&otilde;es precisam ter suas a&ccedil;&otilde;es alinhadas com o incentivo ao desenvolvimento do agroneg&oacute;cio regional, ao turismo, ao micro empreendedor individual, &agrave; ind&uacute;stria e a micro e pequenas empresas. Os da &aacute;rea ambiental precisam ser educativos, de conscientiza&ccedil;&atilde;o ambiental e ecol&oacute;gica e podem ser sobre coleta seletiva e reciclagem, preserva&ccedil;&atilde;o de ecossistemas, gest&atilde;o de bacias hidrogr&aacute;ficas, redu&ccedil;&atilde;o e otimiza&ccedil;&atilde;o de recursos naturais, mudan&ccedil;as clim&aacute;ticas e preserva&ccedil;&atilde;o florestal.<br />
<br />
J&aacute; os da &aacute;rea social t&ecirc;m que possuir tem&aacute;ticas voltadas &agrave; garantia dos direitos da crian&ccedil;a e do adolescente, preven&ccedil;&atilde;o &agrave; viol&ecirc;ncia contra a mulher, a&ccedil;&otilde;es de combate &agrave; fome, a&ccedil;&otilde;es de combate &agrave; extrema pobreza por meio da inclus&atilde;o produtiva e inclus&atilde;o social. Os projetos culturais, que podem estar incentivados ou n&atilde;o por Lei Municipal, podem ser de Literatura, Eventos Culturais, M&uacute;sica, Audiovisual e Artes C&ecirc;nicas, sendo que ser&atilde;o priorizados projetos com tem&aacute;ticas da cultura dos estados da Amaz&ocirc;nia Legal. E os de cunho esportivo podem ser de incentivo a esportes ol&iacute;mpicos e paraol&iacute;mpicos, nas mais diversas modalidades.<br />
<br />
O Edital de Chamada P&uacute;blica n&ordm; 01/2016 &ndash; Lei Rouanet, voltado &agrave; sele&ccedil;&atilde;o de projetos culturais incentivados por esta lei federal, tem por objetivo contribuir para a melhoria do acesso &agrave; cultura regional. Neste edital ser&atilde;o contemplados projetos de Artes C&ecirc;nicas (teatro, dan&ccedil;a, performance, &oacute;pera e circo), Cinema (mostras e festivais) e M&uacute;sica, sendo priorizados &agrave;queles que apresentarem diversidade tem&aacute;tica, multiplicidade de linguagens e, principalmente, qualidade art&iacute;stica. Para esta chamada p&uacute;blica, que contempla pessoas f&iacute;sicas e jur&iacute;dicas, o Banco da Amaz&ocirc;nia disp&otilde;e de R$ 600 mil, valor que pode ser ajustado a crit&eacute;rio da institui&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
O Edital de Pautas do Espa&ccedil;o Cultural, cujos projetos concorrem ao &ldquo;Pr&ecirc;mio Banco da Amaz&ocirc;nia de Artes Visuais 2016&rdquo;, destina-se a sele&ccedil;&atilde;o de projetos para exposi&ccedil;&atilde;o no Espa&ccedil;o Cultural do Banco da Amaz&ocirc;nia, localizado no pr&eacute;dio-sede da institui&ccedil;&atilde;o, em Bel&eacute;m do Par&aacute;, no per&iacute;odo de mar&ccedil;o de 2016 a janeiro de 2017. Pessoas f&iacute;sicas e jur&iacute;dicas podem apresentar propostas de Artes Visuais, sendo residentes ou n&atilde;o na Regi&atilde;o Amaz&ocirc;nica, mas o projeto em si precisa obrigatoriamente estar vinculado &agrave;s quest&otilde;es da regi&atilde;o. Podem ser apresentadas propostas de exposi&ccedil;&otilde;es de desenho, pintura, gravura, t&eacute;cnicas mistas, fotografia, escultura, objeto, instala&ccedil;&atilde;o e de m&iacute;dias contempor&acirc;neas, que n&atilde;o tenham sido contempladas com exposi&ccedil;&atilde;o no Edital de Pautas de 2015 do Espa&ccedil;o Cultural. Quem for aprovado receber&aacute; R$ 25 mil, por projeto, a t&iacute;tulo de patroc&iacute;nio, para colaborar na montagem da exposi&ccedil;&atilde;o.</span>

Comentários pelo Facebook: