Seet
Sobral – 300×100

Empresários do ramo editorial e literário tocantinense começam preparativos para Salão do Livro

admin -

<span style="font-size:14px;">Com o retorno do Sal&atilde;o do Livro, ap&oacute;s dois anos sem a realiza&ccedil;&atilde;o, os empres&aacute;rios tocantinenses do ramo editorial e liter&aacute;rio est&atilde;o ansiosos pelo in&iacute;cio do evento, que traz aumento no volume de vendas e visibilidade &agrave;s livrarias, editoras e distribuidoras.<br />
<br />
No 9&ordm; Sal&atilde;o do Livro ser&atilde;o 83 estandes de livros, sendo 71 para os did&aacute;ticos, liter&aacute;rios, t&eacute;cnicos e outros 12 estandes exclusivos para obras infantis.<br />
<br />
Segundo a Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Difus&atilde;o de Livros (ABDL), a estimativa &eacute; que sejam expostos cerca de 50 mil t&iacute;tulos de mais de 30 editoras, o que corresponde a aproximadamente 150 toneladas de livros.<br />
<br />
A empres&aacute;ria N&aacute;dia Guerra, j&aacute; est&aacute; adiantando as compras dos t&iacute;tulos que ser&atilde;o vendidos no Sal&atilde;o do Livro 2015. Como expositora ela contabiliza cinco edi&ccedil;&otilde;es do Sal&atilde;o com a livraria Mundo Gospel. As expectativas s&atilde;o animadoras tamb&eacute;m para este ano. &ldquo;<em>&Eacute; um evento sensacional. A aus&ecirc;ncia nesses dois anos foi uma perda muito grande para o estado, n&atilde;o s&oacute; economicamente falando, mas tamb&eacute;m na &aacute;rea cultural e, claro, no incentivo &agrave; leitura. O Sal&atilde;o traz um retorno financeiro muito bom e esse ano n&atilde;o vai ser diferente. Essa volta foi uma promessa que o governador cumpriu e que nos deixou muito feliz como comerciante e como cidad&atilde;&rdquo;</em>, enfatiza.&nbsp;<br />
<br />
De acordo com N&aacute;dia, al&eacute;m de oportunizar um volume de neg&oacute;cios maior, o Sal&atilde;o do Livro traz ainda a possibilidade de tornar a empresa mais conhecida entre o p&uacute;blico. <em>&ldquo;Como todos os anos a nossa expectativa de vendas &eacute; muito boa, mas &eacute; importante lembrar tamb&eacute;m da divulga&ccedil;&atilde;o que o Sal&atilde;o do Livro proporciona. As pessoas v&ecirc;m do interior, compram aqui e continuam a comprar conosco, por conta do Sal&atilde;o. At&eacute; mesmo os clientes daqui muitos nem sabem que a loja &eacute; aqui em Palmas e passam a ser clientes ass&iacute;duos. Por mais que a gente invista em propaganda, o Sal&atilde;o do Livro &eacute; uma publicidade sem igual para n&oacute;s&rdquo;</em>, relata.&nbsp;<br />
<br />
Leila Vieira de Godoy Monteiro, propriet&aacute;ria da GEP livraria, uma das maiores do Tocantins, aposta nos lan&ccedil;amentos para atrair os compradores na 9&ordf; edi&ccedil;&atilde;o do Sal&atilde;o do Livro. &ldquo;<em>Estamos aqui desde o in&iacute;cio do estado e participamos de todos os Sal&otilde;es, sempre uma experi&ecirc;ncia maravilhosa. Essa feira &eacute; vital para n&oacute;s enquanto empresa, sem falar na gera&ccedil;&atilde;o de emprego e renda, forma&ccedil;&atilde;o de leitores, acesso &agrave; cultura que proporciona. J&aacute; negociamos com todas as editoras e at&eacute; a pr&oacute;xima semana j&aacute; queremos estar com tudo pronto. No nosso estande estar&atilde;o &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o o que tem de melhor em qualquer bienal de S&atilde;o Paulo, Rio de Janeiro, com o mesmo pre&ccedil;o que s&atilde;o comercializados l&aacute;</em>&rdquo;, destaca.<br />
<br />
Como visitante em anos anteriores, Marcos Odilon, vai trabalhar como vendedor esse ano, mas pretende conciliar o dever com a divers&atilde;o. <em>&ldquo;Quanto &agrave;s vendas espero bater todas as metas e contribuir para que o estande seja um sucesso, mas vou tentar assistir aos shows, palestras, que s&atilde;o sempre muito bons&rdquo;</em>, avalia.<br />
<br />
<br />
<strong><u>Cart&atilde;o Livro</u></strong><br />
<br />
Este ano, ser&aacute; investido cerca de R$ 2,8 milh&otilde;es em cart&otilde;es livro que ser&atilde;o distribu&iacute;dos aos professores, diretores e servidores das unidades escolares da rede estadual e das Diretorias Regionais de Educa&ccedil;&atilde;o (DREs).<br />
<br />
Os professores e diretores receber&atilde;o cada um R$180,00, para a aquisi&ccedil;&atilde;o de t&iacute;tulos no Sal&atilde;o do Livro 2015. J&aacute; os servidores administrativos da Seduc receber&atilde;o R$80,00. Os cart&otilde;es ser&atilde;o entregues nas DREs que os encaminhar&atilde;o &agrave;s escolas.<br />
<br />
<u><strong>Edi&ccedil;&atilde;o 2015</strong></u><br />
<br />
A edi&ccedil;&atilde;o 2015 ser&aacute; realizada no Centro de Conven&ccedil;&otilde;es Parque do Povo, em Palmas, nos dias 19 a 27 de setembro, com o tema &ldquo;Regionalismo e Desenvolvimento: Na terra do sol, a vida se transforma atrav&eacute;s da leitura&rdquo;. Simultaneamente acontecer&aacute; a 11&ordf; Feira de Folclore, Comidas T&iacute;picas e Artesanato do Tocantins (Fecoarte).<br />
<br />
A estrutura contar&aacute; com uma &aacute;rea de 2.173,50m&sup2;, compostos por dois pavilh&otilde;es, espa&ccedil;o jovem, audit&oacute;rios, pra&ccedil;a de alimenta&ccedil;&atilde;o, palco para shows nacionais e regionais. A previs&atilde;o &eacute; que sejam investidos, este ano, cerca de R$ 4,7 milh&otilde;es no Sal&atilde;o do Livro. Com a redu&ccedil;&atilde;o nos gastos com estrutura, a estimativa da organiza&ccedil;&atilde;o de economia &eacute; superior a 60%. A expectativa &eacute; que cerca de 250 mil pessoas visitem os estandes do Sal&atilde;o do Livro.</span>

Comentários pelo Facebook: