Seet
Sobral – 300×100

Poste energizado está caído há vários dias em praça de Muricilândia; "cidade está abandonada", diz vereador

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Um poste de energia est&aacute; ca&iacute;do h&aacute; v&aacute;rios dias na pra&ccedil;a da Igreja Matriz na cidade de Muricil&acirc;ndia (TO), no norte do Estado. O pior &eacute; que o poste, que &eacute; de metal, continua energizado e a prefeitura ainda n&atilde;o tomou nenhuma provid&ecirc;ncia. O local &eacute; muito frequentado pelos moradores, principalmente crian&ccedil;as.<br />
<br />
A den&uacute;ncia do descaso foi encaminhada ao <strong><em>Portal AF Not&iacute;cias</em></strong> pelo vereador Alessandro Borges (DEM), juntamente com Jo&atilde;o Soldado (PMDB) e Marcos Gaiola (PSD). Alessandro fez um v&iacute;deo mostrando o perigo e criticando a negligencia do poder p&uacute;blico municipal. <em>&ldquo;At&eacute; o prefeito </em>[Jairo do Tato]<em> assistiu ao v&iacute;deo, mas n&atilde;o est&aacute; nem a&iacute;.&nbsp; Por falta de manuten&ccedil;&atilde;o, a ferrugem danificou o p&eacute; do poste, que caiu e continua ligado &agrave; energia. Inclusive deu um curto-circuito que estourou as l&acirc;mpadas. E crian&ccedil;as brincando…</em>&rdquo;, criticou.<br />
<br />
Na outra pra&ccedil;a da cidade, os postes tamb&eacute;m est&atilde;o prestes a cair, sem ilumina&ccedil;&atilde;o e os bancos todos quebrados, sinal evidente do descaso. &ldquo;<em>Parece uma cidade abandonada e sem gest&atilde;o, estamos &agrave; margem das leis. N&atilde;o tem nada organizado na cidade. As escolas est&atilde;o deterioradas&rdquo;</em>, afirmou o vereador Alessandro Borges.<br />
<br />
O parlamentar denunciou tamb&eacute;m que uma parte do pr&eacute;dio onde funciona o almoxarifado da Prefeitura j&aacute; desabou e a outra j&aacute; amea&ccedil;a cair. Mesmo assim, o prefeito Jair do Tato (PMDB), cedeu o local para uma fam&iacute;lia morar. <em>&ldquo;O prefeito n&atilde;o fez nenhuma obra com recursos da prefeitura e ainda paga o funcionalismo com atraso&rdquo;</em>, relatou Alessandro.<br />
<br />
Recentemente, o prefeito fez uma amea&ccedil;a p&uacute;blica de demitir mais de 40 funcion&aacute;rios contratados do Munic&iacute;pio. Atrav&eacute;s de carro de som, o prefeito tentou pressionar a C&acirc;mara de Vereadores a aprovar uma suplementa&ccedil;&atilde;o de 30% no Or&ccedil;amento, que j&aacute; &eacute; de R$ 11,6 milh&otilde;es. No projeto enviado &agrave; Casa, Jair n&atilde;o especifica qual ser&aacute; a destina&ccedil;&atilde;o dos recursos. <em>&ldquo;&Eacute; muito dinheiro para n&atilde;o ter nada cidade</em>&rdquo;, finalizou o vereador.<br />
<br />
<u><strong>Confira o v&iacute;deo</strong></u></span><br />
<br />
<div class="media_embed">
<iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/M5Xhvz6D1uA" width="420"></iframe></div>

Comentários pelo Facebook: