Sobral – 300×100
Seet

A pedido de Gideon Soares, Câmara notificará Executivo para cumprir lei sobre eliminadores de ar

Agnaldo Araujo - |
Fotos: AF Notícias
O requerimento do vereador foi aprovado na Câmara

Márcia Costa//AF Notícias

Os vereadores de Araguaína aprovaram, nesse mês de março, um requerimento de autoria do vereador Gideon Soares (PMDB) que pede o imediato cumprimento da lei municipal que tornou obrigatória a instalação e o uso de aparelhos eliminadores de ar nas tubulações hidráulicas de prédios residenciais, comerciais e industriais na cidade de Araguaína.

A Lei Municipal nº 2.605 foi sancionada em 2009, de autoria do próprio vereador, mas até agora não foi colocada em prática. “Estudos indicam que em muitos locais o aparelho diminui o valor da conta de água de 30% a 50%. Por isso solicitamos ao prefeito que dê cumprimento à lei e vamos acompanhar. Se necessário, vamos também procurar o Ministério Público, até sermos atendido”, garantiu Gideon Soares. A empresa Odebrecht Ambiental, concessionária do serviço de água e esgoto, também será notificada.

Segundo o vereador, alguns consumidores têm condições financeiras de arcar com os custos da instalação do equipamento, mas, conforme o parlamentar, muitas famílias são carentes e nem sabem da existência do eliminador.

A lei dispõe que o licenciamento de obras de projeto de construção e edificações novas fica condicionado à prévia apresentação de projeto de instalação de eliminador de ar nas respectivas estruturas hidráulicas internas.

Confira aqui a lei.

Outros requerimentos

Entre os requerimentos de autoria do vereador Gideon Soares que foram aprovados na Câmara de Vereadores durante o mês de março estão a solicitação da reposição de lâmpadas na Rua dos Agrimensores, no setor Jardim Paulista, e a recuperação da rua Estrela Dalva, no setor Céu Azul.

“Sempre vamos aos locais solicitados pelos moradores para tirar fotos e ver a necessidade da população. Sou um servidor do povo. Meu gabinete está aberto para ouvir as demandas da população, estou à disposição para ir atrás e cobrar do Executivo”, afirmou o vereador.

Comentários pelo Facebook: