Sobral – 300×100
Seet

Aciara e PM traçam novos planos para a segurança pública de Araguaína

Redação AF - |
Foto: Aciara

Após participar da inauguração oficial do Colégio Militar em Araguaína e da cerimônia entrega de novos veículos e armamentos para o 2º Batalhão da Polícia Militar, o presidente da Aciara, Márcio Parente, a primeira secretária, Juliane Carneiro, e o diretor de SPC, Renye Costa, reuniram-se com o comandante geral da PM no Tocantins, Coronel Glauber Rocha, com a comandante do 2º BPM, Major Patrícia Murussi, e com o comandante de Policiamento do Interior, Coronel Luis Carlos Barbosa Ferreira, para agradecer o empenho da polícia nas ações das forças especiais na cidade e reforçar o pedido por mais efetivo policial.

Márcio destacou que a presença maciça da Companhia Independente de Operações Especiais – CIOE, Rotam, Força Tática, Polícia Rodoviária e Polícia Ambiental durante Operação Parceria aumentou a sensação de segurança dos comerciantes e da população. “E para mantermos isso, colocamo-nos à disposição, mais uma vez, para apoiar a vinda dos policiais. Também informamos que as mesmas cobranças estão sendo feitas junto à Secretaria de Segurança Pública para a Polícia Civil”, disse o presidente.

Coronel Glauber afirmou estar satisfeito em saber que a PM e a Aciara possuem os mesmos ideais e também agradeceu o apoio dado pela entidade para a permanência do efetivo extra durante a operação. “Sabemos da representatividade e dinâmica de Araguaína, o que demanda mais policiais. Por isso pedimos que aguardem a efetivação do novo concurso da PM para planejarmos o aumento de efetivo policial”, pontuou o comandante geral.

Incentivo

A primeira secretária Juliane também solicitou o pagamento das horas extras aos policiais. “É um incentivo importante para que a PM tenha condições de deixar o policiamento em maior número e mais tempo nas ruas”. Coronel Glauber informou que a situação será resolvida até o próximo mês.

Já o diretor Renye lembrou que é preciso trazer o Poder Judiciário para mais próximo das ações conjuntas da segurança pública. “A Justiça completa este time, principalmente dando celeridade aos processos criminais para que os bandidos não retornem às ruas tão rapidamente”.

Colégio Militar

Em nome da PM, o comandante geral agradeceu a mobilização da Aciara, entidades e toda a sociedade para tornar o Colégio Militar uma realidade para Araguaína. “Pedimos que a Aciara continue nos instigando sempre, porque precisamos saber do que a sociedade precisa”, disse Coronel Glauber.

A inauguração oficial do colégio aconteceu neste dia 15, na presença de autoridades militares e do secretário da Educação, Juventude e Esportes, Adão Francisco. O Colégio da Polícia Militar de Araguaína funciona no antigo CEM Dr. José Aluísio, no Setor Coimbra, e conta 915 alunos matriculados nos turnos matutino e vespertino.

Comentários pelo Facebook: