Seet
Sobral – 300×100

Acusado de envolvimento no homicídio do cabo Dione é condenado a quase 20 anos

Redação AF - | - 928 views
Foto: Divulgação
Denis Silva França, acusado de participar da morte de policial em Araguaína.

Márcia Costa//AF Notícias

O réu Denis Silva França, acusado de envolvimento na morte do cabo do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar de Araguaína, Dionedith de Oliveira Macedo, foi condenado a 19 anos, nove meses e 18 dias de prisão, em regime inicial fechado. O julgamento pelo Tribunal do Júri aconteceu nesta sexta-feira (30), no auditório da OAB em Araguaína.

Foto: Divulgação
Cabo do COE, Dione Macedo.

O crime aconteceu na madrugada do dia 28 de abril em 2013, em frente a uma conveniência na Avenida Cônego João Lima. O policial, que tinha 36 anos na época, foi alvejado com vários tiros e revidou. Outras duas pessoas foram atingidas pelos tiros e morreram no local.

Denis Silva está foragido da justiça e não participou do julgamento. A defesa afirmou que ele estava “com medo” e defendeu sua inocência.

O acusado chegou a ser preso em novembro de 2014, em Goiânia, mas a justiça concedeu o direito de responder ao processo em liberdade.

Outro réu, Adriano da Hora Oliveira, também foi condenado pelo assassinato do cabo da Polícia Militar e está cumprindo pena no Presídio Barra da Grota. Ele pegou mais de 20 anos de prisão em regime inicial fechado.

Veja mais…

Júri condena a 20 anos de prisão acusado de matar cabo do COE em Araguaína

Comentários pelo Facebook: