Acusado de latrocínio contra peão de rodeio é transferido de Belém para Araguaína

Agnaldo Araujo - | - 797 views
Foto: Divulgação
O suspeito já está em Araguaína

Márcia Costa//AF Notícias

Márcio Vinicius Carneiro da Silva, um dos acusados de participar do latrocínio contra o peão de rodeio Getúlio Santos da Silva, de 26 anos, foi recambiado na tarde desta segunda-feira (31) para Araguaína e já está preso na Casa de Prisão Provisória da cidade. O pedido de transferência foi assinado pelo juiz de direito Francisco Vieira Filho.

O acusado estava preso em Belém (PA) após cumprimento de um mandado de prisão. Segundo a Polícia Civil, Márcio é o co-autor do crime. Agora o delegado responsável pelas investigações deve finalmente encerrar o inquérito.

Getúlio Santos foi morto na rua Princesa Izabel no setor Jardim Santa Helena, no dia 14 de junho, um dia antes da abertura do rodeio profissional da Expoara 2017. Segundo a polícia, três bandidos chegaram armados num veículo, pararam em frente à residência onde uma comitiva de peões estava alojada e começaram a tomar os celulares das vítimas. Quando o peão Getúlio estava saindo do quarto foi surpreendido com um tiro na cabeça e morreu na hora.

Outros presos

A Polícia Civil também prendeu Dênis Alencar de Brito, em Imperatriz (MA), e Rafael Silva Cavalcante, de 19 anos, este último foi imobilizado pelos colegas de Getúlio ainda durante a ação criminosa.

Leia mais…

Polícia prende no Pará terceiro acusado de participar do latrocínio contra peão de rodeio

Preso mais um suspeito de participar do latrocínio contra peão de rodeio em Araguaína

Peão de rodeio é morto a tiros durante assalto em Araguaína; vítima se apresentaria na Expoara

Comentários pelo Facebook: