Sobral – 300×100
Seet

Advogado de Araguaína toma posse como Conselheiro Federal da OAB em Brasília

Redação AF - |
Foto: Divuglação
André Francelino Moura , advogado de Araguaína empossado como conselheiro da OAB

O advogado de Araguaína (TO), André Francelino Moura, tomou posse na manhã desta segunda-feira (01) como conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), representando a Seccional do Tocantins.

Além de André, outros dois vão representar o Estado no Conselho Federal no triênio 2016/2019. São os advogados José Alves Maciel (Kita Maciel) e Pedro Donizete Biazotto. Todos tomaram posse durante cerimônia em Brasília.

Seus três suplentes serão Nilson Antônio Araújo dos Santos, Solano Donato Carnot Damacena e Adilar Daltoé.

O evento de posse contou com a presença do presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi, da vice-presidente Lucélia Sabino, do diretor-tesoureiro Ildo Cótica e da secretária-geral-adjunta Graziela Reis.

No Brasil, foram empossados um total de 81 conselheiros, sedo três por Estado e três pelo Distrito Federal. O advogado gaúcho Claudio Pacheco Prates Lamachia foi eleito presidente do Conselho Federal da Ordem. A OAB reúne 945 mil advogados em todo o País.

Perfil de André Francelino

O recém empossado conselheiro federal nasceu em Carolina (MA) e mudou-se para Araguaína em 1977, onde reside até os dias de hoje.

André e graduado em Direito pela Universidade do Tocantins (Unitins), em 2003, e pós-graduado em Direito Tributário, em 2007, pelo Centro Universitário Internacional (Uninter).

Atualmente é sócio-proprietário do escritório Moura & Cunha Advogados Associados com sede em Araguaína (TO) e filiais em Palmas e Corrente (PI), além de Procurador-Geral da Câmara Municipal de Araguaína.

Novo presidente

Em seu discurso, o novo presidente do Conselho Federal, Claudio Pacheco Prates, afirmou que é urgente reafirmar a importância da OAB e da advocacia no Brasil. “É momento de dizermos que a OAB não faltou à sociedade no passado, não falta no presente e não faltará no futuro”, asseverou.

“Advocacia está sendo testada como nunca e temos que dar resultado. Conquistamos com enfrentamento legislativo inúmeras conquistas que fortaleceram exercício profissional de cada um. Não canso de dizer que sem advocacia não há liberdade, sem liberdade não há democracia, sem democracia não há cidadania”, acrescentou.

O novo presidente afirmou também que a OAB estará, mais do que nunca, atenta aos anseios da sociedade, em uma cruzada contra a corrupção e o mau uso das verbas públicas. “A OAB não deixará, de maneira alguma, de lutar por um novo patamar ético na política brasileira e cobrará do governo e do Congresso medidas efetivas no combate ao fisiologismo e as concertações de gabinetes. Sem bandeiras partidárias, defendendo o interesse da sociedade e respeitando a Constituição, estaremos mais atentos e atuantes do que nunca. É o que a sociedade espera de nós. Esse é o nosso compromisso”, prometeu Lamachia.

Foto: Divulgação

Comentários pelo Facebook: