Sobral – 300×100
Seet

Alunos da rede estadual de ensino vão trabalhar no combate ao Aedes aegypti

Redação AF - |
Foto: Divulgção
Público da reunião que ocorreu na Diretoria Regional de Esino

Os alunos da rede estadual de ensino em Araguaína (TO) também vão trabalhar no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya, o aedes aegypti.

Uma reunião para elaboração da campanha de combate ao mosquito nas escolas estaduais de Araguaína foi realizada na manhã da última sexta-feira (05 de fevereiro).

No encontro, que ocorreu na sede da Diretoria Regional de Ensino, teve a  apresentação do projeto com palestras e orientações sobre o que poderá ser realizado durante o ano de 2016.

A partir da apresentação do projeto, foi montado um comitê para que os órgãos trabalharem as ações em conjunto nas escolas. “As crianças da Rede Municipal de Ensino gostam muito e aprendem. Agora, a mesma ação será ampliada na Rede Estadual, uma forma das crianças aprenderem brincando e depois levarem as orientações para família e vizinhos”, explicou a coordenadora técnica da equipe de Vigilância em Saúde do município, Ana Cláudia Lima.

Ações

Palestras com orientações para funcionários nas escolas, fiscalização nos prédios escolares e o trabalho de educação em saúde são algumas das ações que serão realizadas no período letivo.

Durante a reunião, o agente de endemias do município Marcos Antônio explicou onde há mais focos em Araguaína e como fazer para eliminá-los. A equipe de Vigilância em Saúde do município apresentou durante a reunião um dos teatros com fantoches que serão apresentados nas escolas.

A ‘Bia’ e o ‘Junqueira’ explicaram os sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes, o zika vírus, dengue e chikungunya. E de maneira bem divertida conseguiram arrancar gargalhadas do público.

De acordo com a bióloga da Diretoria de Ensino, Leila Ribeiro, a ação conjunta começará pelos colaboradores.  “O primeiro passo é sensibilizar todos os envolvidos de que precisamos unir forças para combater o mosquito”, disse.

Depois do carnaval

Segundo o Superintendente da Secretaria Municipal de Saúde, Eduardo Freitas, após o carnaval será criada uma sala de situação, para discutir e planejar as ações que serão desenvolvidas no combate ao mosquito.

Para a Diretora Regional de Educação, Maria Florismar, esta campanha é muito importante para todos, pois trata-se, do cuidado com as nossas vidas. “Precisamos tomar todas as precauções para mantermos nossas casas e local de trabalho sempre limpo, nada de água parada. Não podemos facilitar com esse mosquito, o perigo não está mais somente entre nós. Até os bebês  que ainda não nasceram estão correndo risco, precisamos nos unir contra esse mal, é a educação no combate ao mosquito”, finalizou.

Parceiros

As ações serão realizadas no Município em parceria com as secretarias estaduais da Saúde e Educação, Secretaria Municipal da Saúde, Polícia Militar (PM) e Departamento de Estradas e Rodagens do Tocantins (Dertins).

Comentários pelo Facebook: