Sobral – 300×100
Seet

Alzemiro Freitas deixa Promotoria do Patrimônio Público e vai atuar na área criminal em Palmas

Redação AF - | - 631 views
Foto: Fernando Almeida
Promotor Alzemiro deixa Promotoria do Patrimônio Público de Araguaína.

AF Notícias //Da Redação

O Procurador-Geral de Justiça Clenan Renaut de Melo já assinou, na última terça-feira (16), o ato de remoção do promotor de Justiça de Araguaína, Alzemiro Wilson Peres Freitas, de 55 anos. A remoção segue o critério de antiguidade e acontece a pedido do próprio interessado. O Ato também foi julgado e deferido pelo Conselho Superior do Ministério Público.

Alzemiro atualmente é o titular da Promotoria do Patrimônio Público, onde desenvolveu um trabalho ferrenho no combate à corrupção no setor público. Durante vários anos, denunciou várias ilegalidades em contratações milionárias e fraudulentas, pediu o afastamento de vários prefeitos e propôs dezenas de ações Civis Públicas e de improbidade administrativa.

Com a remoção, Alzemiro assumirá a 4ª Promotoria Criminal de Palmas, atuando no combate ao Tráfico de Entorpecentes e Execuções Penais.

“Deixo minhas funções saudando a população araguainense e agradecendo pela acolhida que tive nesse período em que busquei diminuir as diferenças sociais no combate à impunidade na esfera do patrimônio público e fundações”, agradeceu Alzemiro Freitas.

Carreira

No Tocantins, Alzemiro começou a carreira no Ministério Público Estadual ano de 1997 e de lá para cá, já atuou nas Comarcas de Augustinópolis (norte do Estado), Cristalândia e Gurupi (sul do Estado).

O promotor está em Araguaína há quase cinco anos como titular da 6ª Promotoria do Patrimônio Público, atendendo também as demandas de municípios como Santa Fé do Araguaia. Também atendia Goiatins e outras cidades do Norte do Tocantins.

No ano de 2012, o Rotary Club reconheceu a importância do seu trabalho e o homenageou com o troféu  “Profissional do Ano”. Ainda em reconhecimento à sua atuação, também recebeu dois títulos de Cidadão: um da Câmara de Araguaína em dezembro de 2014 e o segundo da Câmara Municipal de Muricilândia (TO) em 2015.

 

Comentários pelo Facebook: