Seet
Sobral – 300×100

AMTT cria “multa moral” para conscientizar motoristas sobre vagas exclusivas em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Denominada de “Essa vaga não é sua nem por um minuto”, o objetivo é que as vagas para idosos e deficientes sejam respeitadas

Conscientizar os motoristas de Araguaína a respeitarem as normas de trânsito, especialmente as placas de sinalização das vagas especiais de estacionamento para idosos e deficientes. A partir desse objetivo, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AMTT) promoverá a campanha intitulada de “Essa vaga não é sua nem por um minuto”, a partir de fevereiro.

Após a reorganização do trânsito na cidade, a Prefeitura de Araguaína também promoveu a atualização e instalação da sinalização horizontal e vertical nas principais ruas e avenidas da cidade. A partir disso, a Prefeitura, por meio da AMTT, percebeu a necessidade de conscientizar os motoristas sobre o hábito dos motoristas a respeitarem as sinalizações de trânsito, em específico as de vagas para deficientes e de idosos, que estão regulamentadas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Durante a campanha, serão realizadas palestras para os idosos e deficientes físicos tanto na Universidade da Maturidade (UMA) da UFT como no Centro Dia. Na UMA e no Centro Dia, serão repassadas as orientações sobre a obtenção dos cartões de parada nas vagas especiais e o uso correto dele.

Também serão realizadas blitzen educativas com a distribuição de folders denominados de “Multa Moral”, os quais vão informar sobre a infração que o motorista estará cometendo, mas de uma forma educativa, estimulando a conscientização. Após a campanha, os motoristas que continuarem desrespeitando, serão autuados e a multa é de R$ 127,69, sendo considerada infração grave pelo CTB, com cinco pontos na CNH, e o veículo pode ainda ser removido pela autoridade de trânsito.

Cartão

O cartão de parada nas vagas especiais pode ser solicitado e retirado na AMTT, localizada na Rua Goianésia (Sérgio Honda), nº 265, no Setor Urbanístico. Os idosos e deficientes devem procurar a agência, no horário de expediente, para apresentar a seguinte documentação: cópia do RG e CPF, comprovante de endereço e laudo médico (para os deficientes físicos).

A confecção do cartão será feita de imediato e os beneficiários já sairão com os mesmos para a sua devida utilização nas vagas especiais.

Comentários pelo Facebook: