Seet
Sobral – 300×100

Após intensas movimentações e reviravoltas, sete nomes entram na disputa pela Prefeitura de Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Prazo das convenções eleitorais terminou nesta sexta-feira (05/08)

O prazo das convenções eleitorais terminou, nesta sexta-feira (05/08), com movimentações intensas em Araguaína (TO). O dia foi marcado por muitas articulações, voltas, reviravoltas e surpresas.

Ao todo, sete candidatos vão disputar a cadeira do Executivo araguainense: Ronaldo Dimas (PR), Valderez Castelo Branco (PP), Olyntho Neto (PSDB), Paulo Roberto (PPS), Dona Ely do Pró-Vida (Rede), Charles Pitta (PEN) e professor Mayst Maia (PSOL).

O prefeito Ronaldo Dimas disputará à reeleição mantendo o atual vice-prefeito Fraudineis Fiomare, pela coligação “Araguaína sem Parar”, formada por 12 partidos e cerca de 60 candidatos a vereador. O candidato tem o apoio da senadora Kátia Abreu (PMDB) e do senador Vicentinho Alves (PR) e também dos deputados estaduais Eli Borges (PROS), Luana Ribeiro (PDT), Elenil da Penha (PMDB), além do federal Vicentinho Junior (PR).

A ex-prefeita Valderez Castelo Branco (PP) está na disputa junto com Nahim Halum (PRB), ex-secretário de Administração da gestão Dimas. A deputada é a candidata do governador Marcelo Miranda e tem o apoio dos deputados Lázaro Botelho (PP), César Halum (PRB) e Jorge Frederico (PSC), além do jovem Ygor Cortez (PV). Valderez chegou a desistir da candidatura e Jorge assumiu o posto, porém o cenário mudou poucas horas depois.

O deputado estadual Olyntho Neto (PSDB) resistiu às pressões, ameças e encabeçou a chapa tucana juntamente com o vereador Batista Capixaba (PTC), crítico ferrenho da atual gestão e (ex)aliado ao deputado Jorge Frederico. Eles têm também o apoio do PHS e estão com 52 candidatos a vereadores na coligação “Novo Tem Força”.

O advogado Paulo Roberto compôs com o empresário Paulo Couto, ambos do PPS, e também entraram na disputa com a coligação “A Força do Povo” e o apoio do deputado Eduardo do Dertins, presidente regional da sigla.

O Rede Sustentabilidade aposta da representatividade feminina com uma candidatura inédita em Araguaína, encabeçada por duas mulheres. Dona Ely do Pró-Vida e Dona Jô adotam um discurso de ruptura do sistema, com virada de página da velha política e foco na área da saúde.

O Partido Ecológico Nacional (PEN) aposta na chapa integrada pelo advogado Charles Pitta (PEN) e pelo comerciante Rubinho Alencar. O partido também lançou chapa pura com 26 candidatos a vereador.

Outro candidato é o professor da rede estadual Mayst Maia (PSOL).

Comentários pelo Facebook: