Sobral – 300×100
Seet

Araguaína deve superar Palmas e Gurupi em volume de vendas no período natalino

Redação AF - - 611 views
Foto: Divulgação
Quase 80% dos entrevistados em Araguaína pretendem presentar no natal

O município de Araguaína apresentou a melhor expectativa de compras para este Natal, com 82,1% dos consumidores afirmando que devem presentear este ano. A informação é do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento, que apurou também a intenção de consumo em Palmas (27,1%) e Gurupi (44,4%).

O total de araguainenses que desejam presentear neste Natal subiu 29,6% em relação ao ano passado, quando o resultado positivo ficou em 52,5%. Entre os entrevistados em 2017, apenas 7,7% disseram que não devem comprar presentes e 10,2% ainda estão indecisos. Os dados são da Pesquisa de Expectativa de Consumo para o Natal, que está disponível no site www.institutofecomercioto.com.br.

O comércio de rua de Araguaína já deve estar preparado para vender mais este ano, pois 75,8% afirmaram que vão comprar nessas lojas. Os presentes mais buscados devem ser as peças de vestuário, opção escolhida por 37,9% dos entrevistados, e a média de preço deve ser R$ 100,00 e R$ 150,00, segundo 20,5% dos clientes. Ainda em relação às compras, 57,1% intencionam pagar em dinheiro e 55,6% pretendem comprar entre um e dois presentes.

“Com a intenção de compras em alta, o empresário precisa garantir que a expectativa se concretize. Para isso, uma dica é observar o que o cliente mais deseja para oferecer o produto certo, além de preparar a equipe e a vitrine”, sugeriu o presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni.

Para 25,8% dos entrevistados pela pesquisa, as promoções são itens decisivos para a compra nesta data comemorativa. O desconto no preço, o atendimento e a forma de pagamento também tiveram resultados satisfatórios.

Já em relação às viagens de fim de ano, 38% afirmaram que pretendem pegar a estrada. Dentre eles, 44,4% devem ir para fora do estado, 28% para fazendas ou chácaras e 26,8% planejam viajar para outros municípios tocantinenses.

Comentários pelo Facebook: