Sobral – 300×100
Seet

Araguaína ganha delegacias especializadas em homicídios e furtos e roubos de veículos

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Veículos entregues na solenidade em Araguaína

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), anunciou na tarde desta sexta-feira (30), a criação de três novas delegacias e autorizou a posse de mais 85 policiais civis para o mês de agosto de 2017. Ele também apresentou os 81 novos policiais civis para o norte do Tocantins, que já haviam sido empossados. Os anúncios foram feitos durante solenidade realizada em Araguaína, quando também foram entregues benefícios para o Sistema Prisional do Estado.

Marcelo Miranda autorizou a nomeação de mais 85 policiais civis aprovados no concurso realizado em 2014 e homologado no ano passado. “Estou autorizando hoje, para tomar posse em agosto, a nomeação de mais 30 delegados, 50 escrivãs e mais cinco peritos, que vão somar com o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Polícia Civil em todo o Estado”, disse na ocasio.

O governador também defendeu a integração entre as instituições, policiais e comunidade. “Temos buscado parcerias com órgãos federais e com outros Estados, tanto na busca de recursos, quanto no sentido de criar sinergia: somando esforços no combate à criminalidade”, disse.

Marcelo Miranda também fez um balanço dos benefícios entregues à segurança pública do Estado ao longo da semana. “Entregamos 95 viaturas, 235 pistolas, 11.896 munições e outros equipamentos com objetivo maior de fortalecer o trabalho dos policiais civis, militares e do sistema penitenciário”, destacou.

Novas delegacias

Na solenidade foi anunciado o início do funcionamento de três novas delegacias em Araguaína: a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP); a Delegacia Especializada na Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) e da Delegacia Especializadas em Infrações de Menor Potencial Ofensivo (Deimpo). As novas delegacias já estão em pleno funcionamento.

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), destacou as mudanças que estão ocorrendo no Estado por meio da atuação do Governo. “Ainda temos dificuldades, mas o que vemos aqui hoje é um passo importante que o Governo do Estado tem dado para garantir a segurança para a população de Araguaína e do Tocantins”, ressaltou.

Novos profissionais

Foram apresentados 81 novos policiais civis, sendo 14 Delegados de Polícia, 13 Escrivães, 42 Agentes de Polícia, incluindo os agentes penitenciários já devolvidos à Secretaria de Estado da Segurança Pública, e mais um papiloscopista, sete agentes de necrotomia, três médicos legistas e três peritos criminais. Com a chegada desses novos profissionais finaliza-se o atendimento com senha para registro de Boletins de Ocorrência em Araguaína.

O secretário de Estado da Segurança Pública, César Simoni, destacou que o Estado está avançando no fortalecimento da segurança pública. “Estamos realizando um sonho do início dessa gestão. Com os novos profissionais e com os benefícios que foram entregues, nós obteremos mais resultado no combate à criminalidade. Estamos trabalhando para que não tenhamos apenas a sensação de segurança, mas a efetiva segurança”, ressaltou.

Viaturas

Foram entregues seis viaturas. Dessas, cinco foram destinadas à Delegacia Regional de Araguaína e uma para a Superintendência de Polícia Científica. Essas viaturas vão atender a demanda de todas as cidades que compõem a regional de Araguaína. Também foram entregues aos novos policiais coletes pistolas e munições.

Novo delegado regional

 Na solenidade, o secretário César Simoni anunciou o nome do novo delegado Regional de Araguaína. Foi empossado Bruno Boaventura no lugar de Émerson Francisco de Moura.

Sistema Penitenciário

Ao Sistema Penitenciário foram entregues duas viaturas, modelo furgão-cela, que promovem maior segurança no transporte de presos e ajudam nas ações de ressocialização dos apenados de Araguaína e Augustinópolis. Também foram entregues armamentos, munições, uniformes e carteiras de identificação funcionais dos novos profissionais empossados.

A secretária de Estado da Cidadania e Justiça, Gleidy Braga, destacou que o trabalho de segurança pública no Estado se baseia na prevenção de crimes. “Tenho defendido com muito entusiasmo a importância dos projetos de ressocialização, o que evita a reincidência de crimes e também fortalece o sistema de segurança do Estado. Os benefícios entregues nesta sexta-feira vão refletir na qualidade do serviço prestado e no atendimento aos reeducandos do sistema prisional“, explicou.

Presenças

Participaram da solenidade os deputados federais Lázaro Botelho e César Hallum; a primeira dama do Estado Dulce Miranda, os deputados estaduais, Jorge Frederico, Elenil da Penha e Valderez Castelo Branco. Também marcaram presença secretários de Estado, lideranças da região norte do Estado, autoridades civis e militares.

Comentários pelo Facebook: