Assaltante preso em Araguaína agredia vítimas com extrema violência e covardia

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Adriano Soares

Um suspeito de praticar vários roubos em Araguaína e agredir suas vítimas durante as ações criminosas foi preso preventivamente na tarde dessa segunda-feira (7) pela Polícia Civil.

Ele foi identificado como Adriano Soares de Sousa, de 28 anos, e estava sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) após um assalto praticado pelo suspeito no Setor Noroeste, em Araguaína, no dia 1º de abril de 2018. Na ocasião, Adriano abordou duas vítimas em uma motocicleta e as agrediu para roubar o veículo.

A Polícia Civil também informou que Adriano já havia sido preso em flagrante pela Polícia Militar em 2014, por ter se envolvido no roubo a uma joalheria localizada na Avenida Sadoc Correia, em Araguaína.

Ainda segundo a Polícia Civil, o suspeito ainda responde criminalmente por mais três roubos praticados com extrema violência e covardia contra vítimas indefesas desde o ano de 2012.

Adriano foi recolhido na  Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) após ser preso. A Polícia Civil pede para quem foi vítima do suspeito que se dirija até a sede da Delegacia de Repressão a Roubo, na Avenida Filadélfia, para realizar o reconhecimento e fazer com que ele fique preso o maior tempo possível.

Comentários pelo Facebook: