Assaltante que matou sargento da PM durante roubo é condenado a 35 anos de prisão

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Sargento Jandres Alves Bezerra

A justiça condenou o padeiro Manoel Valdinar Cavalcanti dos Santos a 35 anos de prisão por participação no assalto que resultou na morte do sargento da Polícia Militar Jandres Alves Bezerra, de 43 anos.

A decisão é do juiz Francisco Vieira Filho e foi proferida nessa quarta-feira (1º). O crime ocorreu no dia 12 de maio de 2017 durante uma tentativa de assalto a um correspondente bancário, em Araguaína, norte do Tocantins.

Manoel e um comparsa entraram no estabelecimento armados, renderam a proprietária e anunciaram o assalto. No momento, 25 pessoas estavam no local. Uma delas era o sargento Jandres Alves Bezerra.

O PM reagiu ao perceber a movimentação, houve troca de tiros, ele foi baleado e acabou morrendo no local. Na fuga, um dos assaltantes também acabou falecendo em confronto com a polícia.

Manoel foi denunciado pelo Ministério Público Estadual. Na sentença, o juiz Francisco Vieira Filho o condenou a 23 anos e nove meses de reclusão pelo crime de latrocínio, além do pagamento de indenização por danos morais na quantia de R$ 20 mil aos herdeiros da vítima.

Reputo ser essa quantia mínima justa e proporcional à agressão física sofrida, à dor de espírito, desconforto e desequilíbrio emocionais por que naturalmente os familiares das vítimas passaram ou estão passando”, ponderou o magistrado.

Em relação à tentativa de assalto, o juiz compreendeu que a intenção dos criminosos não era apenas efetuar um roubo contra a instituição privada, mas também contra as pessoas que estavam no local.

Desta forma, Manoel ainda foi sentenciado a quatro anos, quatro meses e sete dias de reclusão pelos 25 delitos de roubo perpetrados contra os clientes que estavam no correspondente bancário na hora do assalto.

Ao todo, Manoel dos Santos vai cumprir pena de 35 anos, sete meses e quinze dias de reclusão, em regime fechado. Ele ainda foi condenado ao pagamento de 105 dias-multa à base de 1/30 do salário mínimo vigente à época.

Veja mais…

Assaltante que matou sargento da Polícia Militar é denunciado e pode pegar mais de 30 anos de prisão

Vídeo mostra momento em que policial troca tiros com bandidos durante assalto em Araguaína

Tiroteio durante assalto a correspondente bancário deixa policial morto e pessoas feridas em Araguaína

Comentários pelo Facebook: