Sobral – 300×100
Seet

Assassinato do gerente das lojas Liliane tem repercussão nacional; assalto teria sido encomendado

Agnaldo Araujo -
Foto: Araguaína Notícias
O adolescente foi apreendido na manhã deste sábado, 23

O assassinato do gerente das lojas Liliane em Araguaína (TO), Adriano Inácio da Silva Monteiro, de 30 anos, teve repercussão nacional. O crime foi tema de reportagem no programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes. Confira o vídeo aqui.

A reportagem conta que os dois assaltantes teriam sido contratados por criminosos para assaltar a loja. O menor de idade, de 15 anos, acusado de ter atirado no gerente, teria recebido a quantia de R$ 150 de outros criminosos para praticar o assalto.

Ainda conforme a reportagem, o jovem diz não se arrepender do que fez. “Conta tudo com tranquilidade”.

O gerente foi assassinado no último dia 18 de julho, na Avenida Cônego João Lima.

Apreensão

O adolescente foi apreendido pela Polícia Militar no último sábado (23/07), após denúncia anônima de tráfico de drogas em uma residência. Com ele, os policiais encontraram substâncias entorpecentes.

De acordo com a PM, o jovem disse aos policiais que foi convidado pelo outro comparsa para realizar o assalto, mas não tinha intenção de matar o gerente. O comparsa ainda não foi localizado.

Internação provisória

A Justiça decretou a internação do adolescente no Centro de Internação Provisória (Ceip) Norte, localizado em Santa Fé do Araguaia, no Tocantins. A decisão atende uma representação ajuizada pelo  Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo o autor da representação, o Promotor de Justiça Moacir Camargo de Oliveira, a internação imediata do adolescente foi necessária devido à gravidade do fato e à grande repercussão do caso na comunidade local. “A internação é indispensável no sentido de impedi-lo de cometer outras infrações, mas também para garantir a segurança do próprio adolescente, considerando o clamor público e os protestos populares que o ato levantou na cidade”, ressaltou.

Comentários pelo Facebook: