Assembleia explica gasto de R$ 11,5 mil com garçom; empresa cita ‘menor preço’

Agnaldo Araujo - | - 702 views
Foto: Koró Rocha
Sede da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Tocantins afirmou, em nota, que o contrato de mais de R$ 6,4 milhões firmado com a empresa Fênix Assessoria & Gestão Empresarial LTDA obedeceu a Lei de Licitação.

Também frisou que nos valores dos serviços para cada posto de trabalho estão inclusos todos os materiais, insumos e equipamentos necessários ao desempenho de cada função.

A título de exemplificação destacamos que compõem os preços dos serviços de garçom: salários, transporte, auxílio alimentação, materiais de consumo (café, açúcar, leite, frutas, bolachas, etc., uniformes, equipamentos dentre outros), inclusive os encargos sociais, trabalhistas e tributários”, disse.

Além desses itens, a Fênix Assessoria & Gestão Empresarial LTDA também destacou que a contratação se deu por licitação por menor preço, com disputa de outras empresas.

Conforme divulgado pelo AF Notícias, o contrato tem validade de 12 meses, mas pode ser prorrogado por até 5 anos. Também prevê a contratação de 86 trabalhadores, sendo que o custo unitário de uma copeira é de R$ 10.824,00. Já um garçom custa um pouco mais, R$ 11.550,00.

Ainda sobre a licitação, a AL afirmou que foram obedecidos os princípios da economicidade, eficiência, moralidade e publicidade, nos mesmos quantitativos e moldes do processo anterior, realizado na Casa.

Prezando por esses princípios, a Assembleia solicitou no ato da assinatura do contrato com a empresa vencedora do certame uma redução de 23,54% do valor global da licitação”, disse.

Na nota, a Assembleia ainda afirma que a atual gestão está comprometida com a transparência, eficiência e responsabilidade na gestão dos recursos públicos.

Destacamos ainda que a Casa está à disposição para quaisquer esclarecimentos sobre os atos praticados”, finalizou.

Veja mais…

Assembleia assina contrato de R$ 6,4 milhões e pagará R$ 11,5 mil por um garçom

Comentários pelo Facebook: