Assessor da Prefeitura de Palmas é preso cultivando maconha no quintal da residência

Redação AF - |
Foto: Divulgação/SSP
Pés de maconha encontrados na casa do assessor da Prefeitura de Palmas

Nielcem Fernandes //AF Notícias

Um assessor técnico da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Palmas (TO) foi preso por tráfico de drogas durante operação da Polícia Civil do Tocantins, na tarde de quarta-feira (31). O suspeito, Emival Dalat Filho, de 36 anos, ocupa o cargo desde maio de 2017, segundo o Portal da Transparência. Ele cultivava mais de 15 pés de maconha no quintal de sua residência.

Conforme delegado titular da 5ª DPC, Evaldo Gomes, a polícia recebeu, na manhã de quarta, uma denúncia anônima sobre uma suposta plantação de maconha numa residência do Setor Morada do Sol, região sul da capital.

Os policial se deslocaram até o local, mas o suspeito não foi encontrado. Os agentes montaram campana até que Emival apareceu e foi convidado a acompanhar os policiais nas buscas no interior do imóvel, onde foram apreendidas 15 plantas cultivadas, 13 vasos semeados com semente de maconha, ainda sem germinar, 07 garrafas contendo folhas esverdeadas, supostamente de “maconha”.

O assessor recebeu voz de prisão, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e, em seguida, encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas. Emival também foi candidato a vereador da capital pelo PCdoB nas eleições de 2016.

Foto: Divulgação
Assessor da Prefeitura de Palmas e ex-candidato a vereador
Foto: Divulgação
Nomeado na Prefeitura de Palmas

Veja mais…

Polícia Civil prende ex-vereador de Nova Olinda por tráfico de drogas e mais três pessoas

Comentários pelo Facebook: